Hora local: 03:29
logotipo
Você está aqui: Página inicial

COOPERAÇÃO ENTRE O NORTE E A GALIZA DEVE CONTRIBUIR PARA O BEM-ESTAR DOS CIDADÃOS

2017/06/12

O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, salientou a 9 de junho a importância do reforço dos laços de cooperação e de parceria entre o Norte de Portugal e a Galiza para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos das duas regiões.

O autarca português discursou na cerimónia de abertura das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades na cidade galega de Ourense.

"Estão representados neste evento 23 municípios portugueses. Todos dominados pelo mesmo sentimento: o orgulho em partilharmos convosco o que de melhor temos, e o prazer em estarmos em Ourense e na Galiza. Fazemos votos para que este encontro seja mais um, dos muitos que o tempo continua a construir na relação entre o Norte de Portugal e a Galiza", referiu Paulo Pereira.

O evento foi organizado pelo Vice-Cônsul de Portugal na Galiza, Manuel Correia da Silva e pelo presidente do município de Ourense, Jesús Vázquez Abad. As intervenções couberam também ao presidente do Parlamento da Galiza, Miguel Ángel Vieira e ao Vice-Presidente da Junta de Galiza, Alfonso Rueda Valenzuela.

A cerimónia contou igualmente com a presença do presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, da vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, Ester Gomes da Silva e do presidente da Cooperativa de Desenvolvimento Dolmen, Telmo Pinto.

Paulo Pereira esteve acompanhado pelo presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Pinho Silva e pelo vereador dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião, José Lima. Acompanharam a sessão ainda diversos autarcas portugueses.

As comemorações prosseguiram no dia 10 de junho e nelas estiveram representados 23 municípios da região norte como Resende, Cinfães, Celorico de Basto, Arcos de Valdevez, Amarante, Marco de Canaveses, Ponte de Lima, Braga, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, Viana do Castelo, entre outros.

Um papel agregador da promoção de vários municípios, entre os quais Baião, foi protagonizado pela cooperativa Dolmen, que para além de ter tido uma função importante na logística e na preparação do evento, esteve presente com expositores onde foram comercializados e promovidos diversos produtos locais, sob a denominação "Douro Verde".

As celebrações incluíram uma vertente de promoção de produtos locais portugueses e do turismo de cada município, mas também momentos culturais (teatro, música e cinema).

Outras notícias