• Terça-feira 14°11°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

COMPROMISSÓMETRO

Cumprir com os Baionenses

Imagine que seria possível acompanhar, de forma fácil, simples, e em tempo real, a ação municipal. Agora é possível!

Mais do que uma “Prestação de Contas”, o Compromissómetro, permite acompanhar, a todo o momento, a evolução da execução das diversas medidas e ações que foram propostas em Programa Eleitoral, e que são a base do “Programa de Governo” do Executivo Municipal para o mandato 2017-2021.

Porque importa honrar os compromissos. E porque importa a informação, a transparência, o rigor, a proximidade, indicadores de respeito pelos cidadãos.

Veja aqui a Metodologia seguida, para melhor compreender os dados.

MANDATO 2017-2021

Simplificar o investimento e cooperar com os agentes económicos do concelho, ao mesmo tempo que atraímos novas empresas de Baião.

Por executar Em Execução Executados

Não existem compromissos previstos.

Certificação de Produtos Locais

  • Medida a desenvolver em parceria com os produtores locais, com a DOLMEN, com a AMBT, entre outros, com vista à certificação dos produtos locais (Anho Assado com Arroz do Forno, Citrinos da Pala, Fumeiro de Baião e Mel do Marão). Ponto de situação: em processo de certificação via AMBT no âmbito da candidatura BTInova.

Cooperar na criação de uma Associação de Produtores Local, com o objetivo de promover, dinamizar e divulgar os produtos regionais de Baião

  • Criação de uma Organização de Produtores Local – INOVA BAIÃO;
  • Requalificação do espaço da Adega Cooperativa do Gôve para funcionamento da Organização de Produtores Local (condicionada à existência de Fundos Comunitários). Ponto de situação: Modelo de organização já se encontra definido; Projeto de arquitetura e identificação de financiamento em execução.

Aposta nas Zonas Industriais

  • Aquisição de terrenos nas Zonas Industriais e sua disponibilização a preços reduzidos a investidores, mediante o compromisso de criarem postos de trabalho.
  • Definição de preços mais atrativos para empresas que se queiram deslocalizar dentro do nosso concelho.
  • Estruturar e promover a ocupação da segunda fase da zona industrial de Baião (Ingilde), adquirindo terrenos e criando as condições para que mais empresas se instalem no concelho. Ponto de situação: Já foi adquirido um terreno.
  • Promover a ocupação da Zona Industrial de Eiriz e prever a sua expansão.
  • Desenvolver esforços no sentido de criar uma Zona Industrial em Santa Marinha do Zêzere, aproveitando a sua posição estratégica como plataforma entre Resende, Mesão Frio e Régua. Ponto de situação: Terrenos identificados, decorre a fase de negociação.

Estruturação da Oferta Turística

  • Estruturar rotas assentes no património histórico, ambiental e geológico.
  • Dinamização do Enoturismo aproveitando todo o potencial territorial; Medidas desenvolvidas: Implementação do projecto BTInova que procedeu à criação de uma Rota Enogastronómica “Verde Sentido”, divulgada nas redes sociais Facebook e Instagram.
  • Apostar em mecanismos de visitação assentes em tecnologias imateriais (apps, ibeacons, audioguias, …).
  • Valorizar parcerias com interlocutores e promotores do património privados e públicos para divulgação do concelho e das suas potencialidades.(Turismo Porto e Norte de Portugal, Turismo de Portugal, Rota do Românico). Ponto de situação: Parcerias com Turismo Porto e Norte de Portugal, Turismo de Portugal, Rota do Românico.

Valorização dos Produtos Locais – Uma Gastronomia de Excelência

  • Continuar a qualificar a “Feira do Fumeiro, do Cozido à Portuguesa e dos Vinhos de Baião”. Medidas desenvolvidas: Evento realizado anualmente.
  • Continuar a qualificar o “Festival do Anho Assado e do Arroz do Forno”. Medidas desenvolvidas: Evento realizado anualmente.
  • Reforçar a “Feira do Vinho Verde e das Tasquinhas” em Santa Marinha do Zêzere. Medidas desenvolvidas: Evento realizado anualmente.
  • Reforçar a “Mostra de Peixe do Rio”, em Santa Cruz do Douro e São Tomé de Covelas. Medidas desenvolvidas: Evento realizado anualmente.
  • Continuar e potenciar a iniciativa “Douro Verde – Sabores e Saberes” – numa parceria simbólica e virtuosa entre Baião, Cinfães e Resende, e sob o chapéu da DOLMEN.
  • Encetar esforços com a nossa restauração, os nossos produtores e as nossas associações de caçadores para a realização de um evento gastronómico à volta da carne de caça. Ponto de situação: Definição do modelo de funcionamento e estabelecimento de parcerias
  • Dar continuidade à iniciativa “Virar a mesa do Avesso”, promovida pelo jornalista Fernando Alves, uma invocação às artes de saber escrever, saber cozinhar, saber comer, saber beber e saber conversar. Medidas desenvolvidas: Evento realizado anualmente.
  • Consolidar o projeto da “Casa de Baião no Porto”, como montra avançada dos nossos produtos endógenos e de todo o potencial de Baião. Medidas desenvolvidas: Espaço dinamizado pela Associação de Trabalhadores da Câmara Municipal de Baião.

Criação de Percursos Pedonais Junto aos Rios

Grupo de crianças no rio a repovoar os rios de Baião
  • Criar um passeio pedonal ao longo da margem ribeirinha do Douro, na Pala, cuja candidatura já está aprovada, aguardando-se, apenas, a disponibilização dos Fundos Comunitários. Ponto de situação: 1ª fase encontra-se concluída e a 2ª fase lançada a concurso.
  • Com recurso a Fundos Comunitários, criar percursos pedonais ao longo dos nossos rios interiores e, eventualmente, noutros locais.
    • Percurso pedonal no rio Ovil. Ponto de situação: O projecto de arquitectura para a 1ª fase está concluído. Em fase de identificação de financiamento.
    • Percurso pedonal no rio Teixeira. Ponto de situação: Identificado percurso a criar e analisado potencial de dinamização (canyoning).

Construção de um Albergue de Natureza em Almofrela

  • Reconversão da antiga escola de Almofrela num Albergue de Natureza. Ponto de situação: Projecto de arquitectura  já concluído.

Valorização Turística do Património

A política de valorização turística do património assenta na constituição/aprofundamento de parcerias e de redes com interlocutores promotores do património, nomeadamente:

Rota do Românico:

  • Alargamento do número de visitantes.

Inclusão de novos elementos patrimoniais:

  • Castelo de Matos. Ponto de situação: Sinalizado junto à Rota do Românico.
  • Igreja de Ermelo. Ponto de situação: Foram já efectuados contactos com o proprietário por se tratar de património privado.

Colaboração para novas fases de recuperação:

  • Mosteiro de Santo André de Ancede. Ponto de situação: Em parceria com a Rota do Românico foram preparados projectos de arquitectura e especialidades e definidas candidaturas ao programa VALORIZAR para a Igreja e Sacristia e ao património Cultural para o Adro da Igreja. Projecto e candidatura aprovada para o Mosteiro de Ancede.
  • Capela do Bom Despacho. Medidas desenvolvidas: Restauro dos frescos e do conjunto escultórico efectuado.
  • Igreja de Valadares

Direção Regional do Património:

  • Pelourinho da Teixeira e área envolvente. Ponto de Situação: Existe já um projecto de arquitetura.
  • Igreja de Ermelo – um património privado valioso a necessitar uma intervenção de salvaguarda urgente. Ponto de situação: Foram já efectuados contactos com o proprietário por se tratar de património privado.
  • Órgão de Tubos da Igreja de Santa Marinha do Zêzere. Ponto de situação: Caderno de encargos elaborado pela DRCN (Direcção Regional da Cultura do Norte).

DOLMEN:

  • Valorização das Aldeias de Portugal (Porto Manso e Almofrela). Ponto de situação: Vistoria feita pela entidade supervisora.
  • Incorporação da aldeia de Mafómedes na rede das Aldeias de Portugal
  • Dinamização dos recursos endógenos associados à economia de montanha. Ponto de Situação: Projeto de dinamização desenvolvido em parceria com a DOLMEN.

Turismo do Porto e Norte de Portugal:

  • Ponto de situação: Diversas ações de divulgação de Baião como destino, sob a marca visitbaiao.pt, e nas redes e atividades de programação turística associadas às marcas Baião “Terra de Aventura”, “Terra de Sabores”, “Terra Mágica”, “Terra Milenar”, “Terra de Cultura” e “Vida Natural”.

Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa:

  • Ponto de situação: Estabelecimento de parcerias supramunicipais para a dinamização de redes de visitação, programação turística e eventos promocionais entre os quais, desenvolvimento de projecto de dinamização dos caminhos de Santiago, participação na BTL e promoção de escritores do território.

Associação de Municípios do Baixo Tâmega:

  • Ponto de Situação: Ações de dinamização da Área Protegida da Serra da Aboboreira, que inclui o ecossistema único do carvalhal de Reixela, e valorização do seu potencial histórico e ambiental.

Valorização Externa dos Produtos de Baião

  • Medida a desenvolver em parceria com a DOLMEN e a Casa de Baião no Porto com vista a divulgar e promover a distribuição de produtos de Baião noutros mercados nacionais e internacionais. Medidas desenvolvidas: Presenças: Festas de Vigo, Dia de Portugal na Galiza, FIMI Lisboa. Dinamização da Casa de Baião no Porto pela Associação de Trabalhadores da Câmara Municipal de Baião

Apoios aos Criadores de Gado

  • Continuar o apoio aos criadores de gado da raça arouquesa e de ovinos e caprinos nascidos e criados no concelho. Medidas desenvolvidas: Apoio anual dado aos criadores de gado da raça arouquesa e a ovinos e caprinos.

Formação e Qualificação voltada para a Economia

  • Aprofundar a formação e qualificação profissional direcionada para o sector agroalimentar e do turismo, eixos estratégicos do desenvolvimento. Medidas desenvolvidas: Em 2018 beneficiaram de formação e qualificação profissional 78 munícipes no setor do Turismo e 28 no setor Agroalimentar.

Prazo Reduzido de Pagamentos a Fornecedores: menos de 21 dias

  • Manter e, se possível, encurtar o prazo médio de pagamento aos fornecedores, que é atualmente de 21 dias, de modo a garantir a confiança dos empresários e injetando liquidez na economia local. Medidas desenvolvidas: Em 2018 o prazo médio situou-se nos 19 dias.

Dinamizar o Programa “Via Verde investidor”

  • Facilitar o contacto com os empresários/investidores, priorizando processos e proporcionando uma redução nos prazos de apreciação e resposta dos pedidos pelos serviços municipais. Medidas desenvolvidas: Ação executada pelo Pelouro dos Assuntos Económicos em articulação com os técnicos do Urbanismo da autarquia.

Manutenção de um ambiente propício ao investimento económico

  • IMI dentro dos limites mínimos
  • Redução das taxas de publicidade
  • Não aplicação da derrama (imposto sobre o lucro das empresas)

Apoio à Associação Empresarial de Baião

  • Continuar a apoiar a Associação Empresarial de Baião (AEB) nas suas atividades de dinamização do tecido económico;
    Medidas desenvolvidas:
    Gala do Empresário;
    Desfile de Moda;
    Feira Stock Off;
    “Compre em Baião”.

Na sequência da construção dos Centros Cívicos, projetamos um conjunto de intervenções em todas as freguesias que visam renovar e requalificar o edificado, os equipamentos, os espaços de lazer e as vias de comunicação.

Por executar Em Execução Executados

Melhoria das acessibilidades em Viariz

  • Melhoria das acessibilidades, designadamente beneficiação e pavimentação de vários acessos que promovam uma melhor mobilidade, e construção de passeios pedonais na Rua da Igreja e na envolvente à Junta de Freguesia de Viariz.

Criação do Parque da Feira com Parque Infantil, Parque de Manutenção e Parque de Merendas em Valadares

  • Criação do Parque da Feira (junto ao curro), com Parque Infantil, Parque de Manutenção e Parque de Merendas em Valadares.

Requalificação/construção de uma zona de Lazer Fluvial na Ermida, Santa Marinha do Zêzere

  • Requalificação/construção de uma zona de Lazer Fluvial na Ermida, Santa Marinha do Zêzere.

Arranjo urbanístico em Tresouras

  • Arranjo urbanístico em Tresouras, em articulação com os equipamentos coletivos já construídos.

Criação de uma Zona de Lazer na freguesia do Gôve

  • Criação de uma Zona de Lazer, de preferência fluvial (mediante disponibilidade de terreno) com polidesportivo ao ar livre, na freguesia do Gôve.

Requalificação da zona envolvente ao edifício da Junta de Ovil e curro

  • Requalificação da zona envolvente ao edifício da Junta de Ovil e curro.

Criação de uma zona de lazer florestal em Campelo

  • Criação de uma zona de lazer florestal em Campelo.

Criação do Centro de Relação Comunitária na freguesia de Gestaçô

  • Criação do Centro de Relação Comunitária na freguesia de Gestaçô, aproveitando toda a envolvente ao Polidesportivo.

Requalificar a envolvente do Pelourinho da Teixeira

  • Requalificar a envolvente do Pelourinho da Teixeira, incluindo pavimentação/requalificação do piso, entre a Igreja e Capela de N. Senhora dos Remédios. Ponto de situação: Já existe projecto de arquitectura

Melhoria das acessibilidades em Mesquinhata – Rua do Calvário

Melhoria das acessibilidades, designadamente na abertura de novos acessos e pavimentações diversas que promovam uma melhor mobilidade em Mesquinhata.

  • Rua do Calvário em Mesquinhata. Medidas desenvolvidas: Foram executados o alargamento a pavimentação e a construção de muros nesta rua, que consta da 1ª fase desta obra.
  • Está prevista uma 2ª fase da obra que ligará o lugar do Calvário à EN 211, junto à Escola do Pedregal.

Requalificar/reestruturar de forma profunda a zona central da vila de Santa Marinha do Zêzere

  • Requalificar/reestruturar de forma profunda a zona central da vila de Santa Marinha do Zêzere, em termos de pavimento e alinhamento da EN304-3 e do arranjo e alinhamento da rua do Cemitério. Ponto de situação: As obras de requalificação iniciaram na última semana de Março de 2019.

Zona de lazer fluvial em Loivos da Ribeira

  • Zona de lazer fluvial integrada no projecto de alargamento e arranjo do acesso ao lugar de Aldeia, em Loivos da Ribeira. Ponto de situação: Concluída a 1ª fase do alargamento do acesso ao lugar de Aldeia até à ponte pedonal. Está prevista a continuidade deste acesso, desde a ponte pedonal até ao centro do lugar e numa terceira fase a construção de uma zona de lazer fluvial.

Qualificação da zona envolvente ao Polidesportivo de Loivos do Monte

  • Qualificação da zona envolvente ao Polidesportivo de Loivos do Monte, com a construção de balneários de apoio, e com a criação de um parque verde com percursos pedonais e equipamento exterior de manutenção. Ponto de situação: Executada a construção de um edifício com área de 50,30m2, que integra um balneário, instalações sanitárias e uma sala técnica. Existe já projecto para a requalificação de toda a zona envolvente ao polidesportivo.

Melhorar as acessibilidades em toda a freguesia do Grilo

  • Melhorar as acessibilidades em toda a freguesia do Grilo, nomeadamente os acessos no seu interior. Ponto de situação: Realizada a repavimentação da Ligação do Grilo a Gosende

Requalificar e valorizar a área da albufeira da Pala e do potencial da aldeia de Porto Manso

  • Requalificar e valorizar a área da albufeira da Pala e do potencial da aldeia de Porto Manso como porta de entrada do alto Douro e ex-libris do denominado Douro Verde. Ponto de situação: Encontra-se em fase de construção o circuito pedonal na albufeira da Pala. Realização de workshop de projeto urbano, onde estudantes finalistas do curso de arquitectura da Universidade do Porto foram desafiados a desenhar as margens da albufeira da Pala, as manifestas potencialidades e oportunidades associadas ao conjunto de serviços e equipamentos instalados neste território.

Alargar a rede de passeios e apostar na mobilidade suave

Proporcionar um conjunto de ações que terão impacto imediato e positivo na mobilidade das Pessoas:

  • Alargar a rede de Passeios e apostar na Mobilidade Suave (bicicletas, pedonal) no nosso território, em função da orografia. Medidas desenvolvidas: Foram construídos passeios em várias freguesias do concelho.
    • Construção de circuito pedonal da albufeira da Pala
    • Rede de percursos pedonais Rebolfe-Ingilde
    • Construção de passeios na EN 321 – Charrasqueira – Loivos do Monte
    • Execução de passeios na zona industrial de Eiriz – Gôve
    • Execução de passeios na Rua Central – Loivos da Ribeira

Divulgar os horários de circulação dos transportes públicos e dos contactos dos operadores de táxis

  • Divulgar os horários de circulação dos autocarros, dos comboios e dos contactos dos operadores de táxis. Medidas desenvolvidas: Informação divulgada na página Web do município. Pode consultar a página aqui.

Arranjos urbanísticos diversos, com construção de passeios pedonais em Teixeiró

  • Arranjos urbanísticos diversos, com construção de passeios pedonais em Teixeiró. Medidas desenvolvidas: Aumento de muros de suporte, colocação e assentamento de cubos de granito e colocação de mobiliário urbano na Rua Central de Teixeiró.

Construção de uma zona de lazer fluvial na Teixeira

  • Construção de uma zona de lazer fluvial na Teixeira. Medidas desenvolvidas: Limpeza do terreno, requalificação dos muros existentes e criação de uma zona de lazer fluvial dotada de material adequado.

Melhoria das acessibilidades em Santa Leocádia – Rua da Castanheira

Melhoria das acessibilidades, designadamente na abertura de novos acessos e pavimentações diversas que promovam uma melhor mobilidade em Santa Leocádia.

  • Rua da Castanheira em Santa Leocádia. Medidas desenvolvidas: Foi executada a pavimentação a cubos.

Melhoria das acessibilidades em Santa Leocádia – Rua do Pinhadouro

Melhoria das acessibilidades, designadamente na abertura de novos acessos e pavimentações diversas que promovam uma melhor mobilidade em Santa Leocádia.

  • Rua do Pinhadouro em Santa Leocádia. Medidas desenvolvidas: Foram executados o alargamento e a pavimentação da rua..

Melhoria das acessibilidades em Mesquinhata – Rua do Pedregal

Melhoria das acessibilidades, designadamente na abertura de novos acessos e pavimentações diversas que promovam uma melhor mobilidade em Mesquinhata.

  • Rua do Pedregal em Mesquinhata. Medidas desenvolvidas: Foi executada a pavimentação da rua.

Melhoria das acessibilidades em Mesquinhata – Rua da Nogueira

Melhoria das acessibilidades, designadamente na abertura de novos acessos e pavimentações diversas que promovam uma melhor mobilidade em Mesquinhata.

  • Rua da Nogueira em Mesquinhata. Medidas desenvolvidas: Foi executada a pavimentação da rua;

Construção da Casa Mortuária de Santa Cruz do Douro

  • Construção da Casa Mortuária de Santa Cruz do Douro. Medidas desenvolvidas: Construído edifício com uma área de implantação de 100,70 m2, composto por 2 corpos de dimensão distinta, um maior e principal onde se localiza a câmara ardente com 45.40 m2 e um segundo corpo mais pequeno onde se situa a entrada e as instalações sanitárias com acesso interior e acesso independente pelo exterior..

Conclusão do Centro Cívico de Frende

  • Conclusão do Centro Cívico de Frende, designadamente com a construção de um Parque Infantil, um Centro de Relação Comunitária e qualificação da zona envolvente.
    Medidas desenvolvidas: Concluída a terceira fase da obra, que contemplou a construção de uma zona de lazer equipada com um parque infantil, equipamentos de promoção da atividade física para a 3ª idade e uma churrasqueira. A 1ª e a 2ª fases contemplaram um polidesportivo e um Centro Comunitário, equipado com um bar, balneários de apoio ao polidesportivo e amplas salas.

A procura de soluções que proporcionem um espaço público urbano qualificado em articulação com um adequado planeamento do território e da mobilidade para o nosso concelho, depende muitas vezes de entidades e políticas supramunicipais, pelo que, é nosso propósito continuar a empreender esforços junto destas em prol do interesse público municipal.

Por executar Em Execução Executados

Não existem compromissos previstos.

Desenvolver esforços junto do governo no sentido da reclassificação e beneficiação da EN 304-3 (Gestaçô/Santa Marinha do Zêzere)

  • Desenvolver esforços junto do governo no sentido da reclassificação e beneficiação da EN 304-3 (Gestaçô/Santa Marinha do Zêzere). Ponto de situação: Já tiveram lugar várias reuniões do executivo com a tutela para debater este assunto, entre elas: Reunião com Secretário de Estado das Infraestruturas a 12/04/2018; Reunião com o Ministro do Planeamento das Infraestruturas e Habitação, a 03/04/2019.

Continuar a exigir, junto do Governo, a ligação há tanto prometida de Baião à Ponte da Ermida

  • Continuar a exigir, junto do Governo, a ligação há tanto prometida de Baião à Ponte da Ermida, essencial para a dinamização económica do concelho. Ponto de situação: Foram realizadas sessões de trabalho com todas as estruturas partidárias distritais com representação parlamentar. Obra incluída no Plano Nacional de Investimentos (PNI 2030).

Redefinir a rede de transportes de acordo com a legislação europeia

  • Redefinir a rede de transportes, de acordo com a legislação europeia relativa à matéria que obriga à constituição de Autoridades de Transporte Local/Regional. Ponto de situação: A CIM do Tâmega e Sousa, constituiu-se como Autoridade dos Transportes, tendo 10 dos 11 municípios da região nela delegado funções. O processo de redefinição encontra-se em preparação. Neste âmbito foi implementado o PART que introduz importantes descontos ao nível dos transportes: 30 € para os intraconcelhios, 40 € para fora do concelho até à cidade do Porto.

Transportes Públicos

  • Diálogo com as empresas de transportes, as empresas de táxi, as autarquias de freguesia e com o movimento associativo, refletindo as recentes alterações à lei, de modo a melhorarmos o acesso ao transporte público, associativo e privado e dando outras condições de mobilidade à comunidade, em especial no acesso às principais atividades e serviços prestados nos centros urbanos do concelho. Ponto de situação: A CIM TS (Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa) encontra-se a preparar projecto de “Transporte a pedido”.

Eletrificação da Linha de Comboio

  • Continuar o diálogo com a tutela no sentido de requalificar/electrificar a linha de comboio entre Marco de Canaveses e Régua. Ponto de situação: Diversas diligências junto da tutela, no sentido de relembrar a importância desta medida.

Expansão das Redes de Abastecimento de Água e de Saneamento

  • Defender junto da empresa Águas do Norte, o alargamento das rede de abastecimento de água e saneamento. Ponto de situação: Diversas reuniões com a empresa “Águas do Norte” no sentido de reforçar a importância do alargamento da cobertura das redes de água e saneamento.
Não existem compromissos concluídos.

Proteger o ambiente e preservar a floresta e os espaços naturais, valorizando o título de concelho mais verde do distrito do Porto.

Por executar Em Execução Executados

Não existem compromissos previstos.

Carregamento de veículos elétricos

  • Desenvolver diligências para a instalação de um posto de Carregamento de Viaturas Elétricas. Ponto de situação: A autarquia desenvolveu todas as diligências junto das entidades competentes (ex. Efacec, EDP e MOBI.E); Aguarda que a MOBI.E proceda à instalação do posto conforme acordado com a CMB.

Valorizar as Serras do Marão, da Aboboreira e de Castelo de Matos

  • Constituir formalmente a Área Protegida da Serra da Aboboreira, em parceria com os municípios de Amarante e do Marco de Canaveses, implementando e estruturando o seu potencial turístico e de preservação ambiental. Ponto de situação: Processo em fase de aprovação pela Associação de Municípios do Baixo Tâmega.

  • Aprofundar e fazer evoluir o Protocolo de Cooperação entre os municípios que partilham o Marão (Amarante, Baião, Mesão Frio, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião e Vila Real) para um instrumento que potencie de forma sustentável a proteção da biodiversidade e a valorização turística e económica desta serra. Ponto de situação: O projeto evoluiu para a constituição de um Geoparque com uma área geográfica mais alargada, que está em análise por parte dos municípios aderentes.
  • Valorizar o mosaico agrícola da serra de Matos e promover o estudo e divulgação do Castelo como um dos símbolos do nosso território

Política de Reflorestação e de Valorização da Biodiversidade

  • Reflorestação do território com espécies características, preservando as espécies autóctones do concelho de Baião. Medidas desenvolvidas: Ações anuais de reflorestação através do Dia Verde do Município, com distribuição de árvores e espécies autóctones à população.

  • Repovoamento dos rios com vista à proteção da biodiversidade e preservação das espécies autóctones. Medidas desenvolvidas: Ações de repovoamento dos rios Teixeira e Ovil em parceria com o ICNF
  • Valorização do Carvalhal de Reixela. Ponto de situação: Integrado na área protegida regional da Serra da Aboboreira, com projeto financiado pelo Norte 2020 em execução.

Iluminação Pública mais eficiente

  • Alteração do sistema de Iluminação Pública para a tecnologia LED de forma faseada ao longo do mandato. Porque apostar numa tecnologia com menos gastos e mais eficiência é a melhor forma de garantir uma boa iluminação pública e proteger o ambiente. Esta medida, depois de implementada e após uma cuidada análise, poderá permitir o alargamento do horário de funcionamento da iluminação pública. Ponto de situação: O processo de contratação da empreitada está a decorrer; Aguarda conclusão do pedido de empréstimo ao BEI para financiamento.

Valorização do Papel dos Bombeiros

  • Manter a profunda articulação com as corporações de Bombeiros, parceiros imprescindíveis na salvaguarda do território e das pessoas. Medidas desenvolvidas: Apoio anual (pagamento da EIP, controlo à vespa velutina e execução do plano de atividades); Criação de Equipas de Intervenção Permanente (EIP) nas duas corporações de Bombeiros do Concelho (Baião e Santa Marinha do Zêzere).

  • Implementar medidas de apoio ao voluntariado através de benefícios diversos a definir em articulação com as referidas corporações, e em consonância com as medidas e instrumentos legais que vierem a ser delineados a nível nacional. Ponto de situação: No seguimento da orientação nacional que define um conjunto de apoios sociais aos Bombeiros e apoio ao voluntariado, a autarquia, através do seu Gabinete de Proteção Civil, está a avaliar a forma de implementação desta medida no concelho.

Prevenção de Incêndios, Floresta e Ordenamento do Território

  • Criação de uma Equipa Municipal de Limpeza e Intervenção Florestal, que irá reforçar o pessoal afeto às limpezas de vias, e providenciar a gestão de faixas de combustível por todo o território. Medidas desenvolvidas: Admissão de novos assistentes operacionais em 2018, destinados ao reforço das equipas de limpeza de vias e gestão de faixas de combustível; Constituição da Brigada de Sapadores Florestais da CIM-TS com sede no Gôve, formada por 1 técnico superior na área das ciências florestais e credenciado em fogo controlado, para desempenhar as funções de líder de brigada, e 14 sapadores florestais.

  • Criação de pontos de água. Ponto de situação: Criado ponto de água no Folgueirão, Campelo. Decorrem negociações para aquisição de terreno para criação de novo ponto de água, desta vez em Gestaçô.
  • Proceder à aquisição de terrenos em áreas-chave que permitam uma intervenção direta da autarquia na política de reordenamento florestal.
  • Criação de aceiros e gestão de faixas de combustível. Ponto de Situação: Realizadas várias acções de gestão de combustíveis em todo o concelho.

Dinamização do Abrigo Animal e Incentivo à Adoção Responsável de Animais

  • Após a conclusão do Abrigo Animal, reunindo todas as condições para alojar animais vadios ou errantes (contemplando uma área de receção e trabalho, armazém, zona de lavagem de material, e para banhos dos animais), e em articulação com uma Associação ligada à proteção de animais, dar uma importante resposta nesta área, nomeadamente, boas condições de acolhimento e, simultaneamente, de promoção da adoção. Medidas desenvolvidas: Conclusão do Abrigo Animal e Parceria com Associação Amor Animal para promoção da adoção.

Resíduos Sólidos Urbanos

  • Melhoria no sistema de recolha dos resíduos sólidos urbanos e adequação aos normativos comunitários e nacionais, assegurando mais transparência, igualdade e justiça no acesso a este serviço público. Medidas desenvolvidas: Reforço dos equipamentos de recolha (contentores, ecopontos).

(Re)conhecer a nossa história e a nossa cultura e (re)visitar o nosso património.
Pela importância na elevação do espírito de um Baião mais positivo, estas são medidas que importa manter.

Por executar Em execução Executados

Promoção de um novo evento no Mosteiro de Santo André de Ancede

  • Promoção de um novo evento de animação que valorize a nossa história e o património cultural e imaterial, com a finalidade de tirar partido dos trabalhos de requalificação do Mosteiro de Santo André.

Estudo e Classificação do Património Imaterial de Baião

  • Proceder ao estudo das tradições populares no sentido de permitir a classificação dos processos associados à gastronomia de Baião, e também das cestas de Frende e das bengalas de Gestaçô, como património imaterial, assegurando desta forma a sua preservação e divulgação. Ponto de situação: Estudo a ser realizado por uma equipa pluridisciplinar.

Elaboração do Projeto “Casa da Memória” – Espaço Museográfico e Interpretativo de Baião

  • A “Casa da Memória” resultará de uma profunda reconversão do edifício do antigo Departamento Técnico. Ponto de situação: Projeto de arquitectura em fase de conclusão.

Requalificação e Reconversão da Escola da Avenida para a nova Biblioteca Municipal

  • Requalificação e reconversão deste edifício municipal para a constituição de uma Biblioteca Municipal. Ponto de situação: Projeto concluído e com financiamento aprovado. Dossier de concurso em preparação.

Proceder à Recuperação do Mosteiro de Santo André de Ancede

  • Capela da Senhora do Bom Despacho: restauro do conjunto escultórico e recuperação dos frescos. Medidas desenvolvidas: Restauro e recuperação concluídas;
  • Intervenção no adro da igreja para o seu estudo, valorização e preservação; Ponto de situação: Projecto da autoria do Arquiteto Siza Vieira, concluído. Será candidatado a financiamento comunitário;
  • Requalificação da igreja, sacristia e do seu valioso património material e imaterial; Ponto de situação: Em fase de elaboração do projecto de arquitectura. Será candidatado a financiamento comunitário;
  • Intervenção para a regularização e valorização do parque de estacionamento; Ponto de situação: Projecto de arquitectura concluído. Será candidatado a financiamento comunitário;
  • Musealização integral do complexo, com um projeto de referência regional; Ponto de situação: Encontra-se em fase de estudos. Já concluída a componente do Museu de Arte Sacra.

Constituição de um Museu de Arte Sacra

  • Implementação de um Museu de Arte Sacra, com a exposição de peças de património religioso. Medidas desenvolvidas: O edifício já intervencionado pelo Arquiteto Siza Vieira, Casa dos Moços, é a primeira componente do projeto de recuperação integral dos espaços do Mosteiro de Santo André de Ancede. A exposição de arte sacra foi inaugurada no dia 25 de fevereiro de 2019 e conta com 23 peças de escultura e pintura doadas pelo coleccionador, natural de Baião, António Miranda.

Uma comunidade mais dinâmica, solidária e feliz.
Porque valorizamos o convívio intergeracional como uma marca da solidariedade e testemunho de uma identidade cultural e a procuramos promover a participação cívica das pessoas e das famílias na dinamização das comunidades locais.

Por executar Em execução Executados

Criação de uma Universidade Sénior

  • Prevista no Plano de Desenvolvimento Social de Baião, a Universidades Sénior pretende constituir-se como uma resposta social, que visa criar e dinamizar regularmente atividades sociais, culturais, educacionais e de convívio, num ambiente pedagógico no qual o saber não ocupa espaço nem idade.

Requalificar e Reconverter as Antigas Escolas em Habitação Social

  • As antigas escolas primárias constituem uma oportunidade para reforçarmos o investimento na habitação social. Desta forma, propomo-nos intervir em quatro antigas escolas primárias (S. Pedro, Peão, Prieira, Logocém), uma por ano, no sentido de as transformar em habitação condigna para agregados familiares de comprovada vulnerabilidade social.

Apoio a alunos universitários através do Fundo Social de Baião

  • Verificar a possibilidade de apoio, através do fundo social de Baião, a alunos do ensino superior, sob determinadas condições. Ponto de situação: Encontra-se em fase de análise a forma de regulamentação..

Aprofundamento das políticas sociais tendentes à proteção dos idosos e dos munícipes em situação de vulnerabilidade

  • Reforço e criação de mecanismos de protecção da população sénior e todos aqueles em situação de vulnerabilidade, concentrados no Gabinete de Apoio à Família (GAF).
    Medidas desenvolvidas:

    • Protocolo de Cooperação entre a Rede Social/Conselho Local de Ação Social de Baião e o Ministério Público da Comarca Porto Este, assinado a 24/04/2017, com o objectivo de Sinalizar e diagnosticar os casos de Violência doméstica, apoiar as vítimas de violência doméstica, prevenir a violência doméstica e capacitar o sistema de atores e das organizações que operam no âmbito da Violência doméstica.
    • Celebração do Protocolo de Cooperação Institucional entre o Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P. e o Município de Baião, a 30/10/2018, com o objectivo de criar um Balcão da Inclusão no município, para a prossecução da execução das políticas dirigidas às pessoas com deficiência/incapacidade.
    • Celebração do Protocolo de Cooperação Institucional entre a Fundação Manuel António da Mota, a Associação Habitat for Humanity Portugal e o Município de Baião, a 30/11/2018, com o objectivo de estabelecer formas de colaboração entre as partes que permitam viabilizar a construção de raiz ou a recuperação de habitações para famílias carenciadas do concelho de Baião.
    • Celebração de Acordo de Colaboração Institucional do Grupo de Trabalho para as Questões dos Idosos e Adultos dependentes, a 18/12/2018, entre 9 entidades do CLASB , com o objectivo de desenvolver ações de promoção da efetivação dos direitos dos idosos e adultos dependentes e criar mecanismos de proteção destes indivíduos quando sujeitos a emergências, motivadas por abandono, maus tratos e negligência.
    • O Alojamento de Emergência Social (AES) uma resposta social, destinada ao acolhimento transitório e emergente de indivíduos adultos de ambos os sexos ou famílias vítimas de maus tratos, desalojamento, entre outras, que se encontrem em situação de emergência ou vulnerabilidade social no Concelho de Baião.

Alargamento da Rede de Centros de Relação Comunitária

  • Alargamento da Rede de Centros de Relação Comunitária. Medidas desenvolvidas: Foram construídos Centros de Relação Comunitária em várias freguesias do concelho.

    • Centro de Relação Comunitária de Viariz, implementado num imóvel adquirido pela Câmara Municipal de Baião, localizado junto à Igreja Paroquial e que sofreu obras de reconversão da responsabilidade da autarquia baionense.

    • Centro de Relação Comunitária de Tresouras, fruto da reconversão da antiga escola primária desta freguesia.

    • Centro de Relação Comunitária de Teixeira, fruto da reconversão da antiga escola primária desta freguesia.

    • Centro de Relação Comunitária do Gôve, a partir da ampliação do edifício da Junta de Freguesia.

    • Centro de Relação Comunitária de Frende, inserido na 3ª fase da obra de construção do centro cívico nesta freguesia.

Saúde próxima e para todos.
Não sendo uma competência direta dos municípios, ao longo dos últimos anos, Baião alterou por completo o panorama ao nível de saúde, com várias conquistas a este nível por acção do executivo municipal.
Queremos continuar a desenvolver esforços para que os baionenses tenham os cuidados de saúde universais e de qualidade a que têm direito.

Por executar Em execução Executados

Não existem compromissos previstos.

Unidade Móvel de Saúde

  • Estudar o alargamento das valências da Unidade Móvel de Saúde em articulação com o Centro de Saúde de Baião e, eventualmente, através de protocolos com outros interlocutores. Ponto de situação: Em análise com os responsáveis.

Manter a cobertura total de utentes com médico de família

  • Encetar todos os esforços para manter a cobertura total de utentes com médico de família. Medidas desenvolvidas: Esforços junto da tutela no sentido de se atingir este objectivo.

Uma ação voltada para dentro, promovendo uma melhor resposta aos munícipes. A modernização administrativa é um processo que nunca termina e que deve evoluir de acordo com as necessidades da comunidade, com a inovação tecnológica e com a legislação em vigor.

Por executar Em execução Executados

Potenciar o “Cartão do Munícipe”

  • Atribuição de novos benefícios associados ao Cartão do Munícipe, nomeadamente para os jovens baionenses, associando-se à sua utilização descontos nos equipamentos municipais, nos eventos culturais promovidos pela autarquia e junto ao comércio local que queira aderir. Promover, ainda, uma vertente que permita o acesso das famílias aos diferentes serviços disponibilizados pela Autarquia tornando mais célere o atendimento público e reduzindo a burocracia, mas também o usufruto em função da dimensão do agregado familiar e idade do munícipe, de condições especiais no acesso aos serviços culturais, recreativos, desportivos e outros disponibilizados pela Autarquia e pelos seus parceiros, incorporando um conjunto de descontos em espaços comerciais locais aderentes.

Dinamização de respostas de Atendimento ao Cidadão

  • Aprofundar a ação de proximidade dos serviços municipais com os nossos cidadãos, conscientes das dificuldades de acessibilidade com que a população, nomeadamente a mais idosa, se depara. Ponto de situação: Dinamização do Portal on-line que vai permitir que a maior parte do atendimento passe a ser efetuado via digital, 365 dias por ano; Projeto “No paper” para o setor do urbanismo, com vista à desmaterialização dos processos e a uma maior facilidade de entrega e consulta dos mesmos; Criação de um Balcão de Inclusão, através do protocolo celebrado entre a CMB e o Instituto Nacional para a Reabilitação, a 30-10-2018, para a prossecução da execução de políticas dirigidas às pessoas com deficiência/incapacidade

Certificação da Qualidade (ISO 9001:2015) dos Serviços da Autarquia

  • Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade através de um processo de Certificação de Qualidade dos serviços da autarquia. Ponto de situação: O processo de certificação teve início em janeiro de 2019 e a obtenção da certificação está prevista para o final do presente ano. Trata-se, no entanto, de um processo contínuo.

Capacitação e Valorização do quadro de Colaboradores da Autarquia

  • Promover uma capacitação e valorização dos colaboradores da autarquia ou o reforço de recursos em áreas emergentes como o turismo, o ordenamento florestal ou a área social, no sentido de melhor nos adequarmos às necessidades do nosso território e das nossas populações. Medidas desenvolvidas: Admissão de novos assistentes operacionais em 2018, destinados ao reforço das equipas de limpeza de vias e gestão de faixas de combustível e para o setor do Turismo; Realização de ações de formação interna; Participação dos colaboradores da autarquia em formações externas nas mais variadas áreas

Um convite à participação dos cidadãos, apostando na transferência de competências para as Freguesias e numa política de proximidade com o munícipe e com todos os agentes de desenvolvimento local.

Por executar Em execução Executados

Orçamento Participativo

  • Implementar o Orçamento Participativo, para o qual os munícipes poderão propor, debater e votar medidas políticas para si direcionadas, aproximando o cidadão da política e promovendo uma cidadania ativa, atenta e interventiva;
Não existem compromissos em execução.

Realização de Sessões de Prestação de Contas

  • Dinamização de sessões públicas anuais para a Prestação de Contas em diversas freguesias do concelho. Medidas desenvolvidas: As sessões estão a ser realizadas nas 20 freguesias (anteriores à agregação) desde 10 de Maio de 2019.

Preservação da qualidade da Vida Democrática

  • Preservar a qualidade da vida democrática do Concelho, mantendo as medidas de transparência e de prestação de contas, nomeadamente através da realização de reuniões de Câmara e de Assembleia Municipal desconcentradas nas freguesias. Medidas desenvolvidas: Realização de uma sessão anual da Assembleia Municipal fora dos Paços do Concelho
  • Realização do atendimento ao público por parte do Executivo Municipal. Medidas desenvolvidas: Iniciativa “Câmara à Porta” e sessões de Prestações de Contas com atendimento aos munícipes

  • Reforço do Conselho Consultivo Municipal e respeito escrupuloso do estatuto da oposição. Medidas desenvolvidas: Conselho Consultivo Municipal composto por 160 pessoas e com reuniões bianuais

Apoiar quem trabalha por Baião e pelos Baionenses. O Associativismo desportivo, cultural, ambiental, humanitário, recreativo e social é uma verdadeira “rede social” que há muitos anos trabalha para o progresso do concelho e para o bem-estar das suas gentes.

Por executar Em execução Executados

Não existem compromissos previstos.
Não existem compromissos em execução.

Apoio às IPSS’s e ao Empreendedorismo Social

  • Continuar a apoiar as IPSS’s e a aprofundar a cooperação nos desafios que se nos colocam com a nova dimensão dada às questões inerentes ao empreendedorismo social. Medidas desenvolvidas: Cumprimento do Regulamento Municipal de Atribuição de Apoios às IPSS; Apoio financeiro e logístico para o desenvolvimento das suas atividades.

Apoio ao Associativismo

  • Reforço da colaboração com a Associação Empresarial de Baião. Medidas desenvolvidas: O Balcão do Empreendedor e consequentes ações de formação foi instalado na AEB por entendimento entre as duas entidades e a CIM-TS; Apoio financeiro e logístico às atividades da AEB – Feira de Stock off, Gala do Empresário, Compre em Baião e Desfile Moda Baião
  • Manter o apoio às associações culturais, desportivas, ambientais e recreativas, reconhecendo o importante papel social que promovem junto dos baionenses e na ação de divulgação de Baião no país e no mundo. Medidas desenvolvidas: Cumprimento do regulamento de apoio às Associações de Natureza Cultural, Desportiva e Recreativa.; Apoio financeiro e logístico para o desenvolvimento das suas atividades

  • Reforço da colaboração com a Cooperativa Agrícola. Medidas desenvolvidas: Protocolo tripartido entre a CMB, a Cooperativa Agrícola e a Dolmen para utilização das instalações da segunda pela terceira entidade com o objetivo de promoção e comercialização dos produtos locais; Apoio anual ao Concurso Pecuário de Reixela numa parceria com as freguesias de Campelo e Ovil e Loivos do Monte

  • Reforço da colaboração com a BAGA (entidades ligadas à agricultura e à economia), à ANCRA (entidade relacionada com a valorização da carne arouquesa), ao turismo (operadores turísticos do concelho) e ao desenvolvimento local de uma forma geral (Dolmen). Medidas desenvolvidas: Apoio à Associação Baga através da cedência de uma sala na antiga Escola de Lordelo, Ancede, para funcionamento e dinamização das suas atividades; Apoio aos produtores de gado bovino e caprino através da ACRIBAIMAR e ANCRA

Uma educação que garanta às nossas crianças e jovens todas as melhores condições de ensino e aprendizagem. Valorização da juventude e da participação ativa dos jovens na vida cívica. Uma aposta no Desporto tendo em conta todo o potencial do concelho em termos de património natural e também nas infraestruturas desportivas ao dispor dos Baionenses.

Por executar Em execução Executados

Construção de um moderno Centro Náutico

  • Construção de um moderno Centro Náutico (condicionado à aprovação de fundos comunitários), junto à albufeira da Pala, com todas as condições de apoio à prática desportiva da canoagem e outros desportos náuticos

Organização de uma Semana da Juventude

  • Criação de uma Semana da Juventude, a ocorrer no Verão, que se pretende construída com uma forte participação dos jovens e constituída por diversas atividades multidisciplinares a definir, mas onde podem pontuar exposições de fotografia e pintura, concertos e workshops diversos, encontro com escritores e historiadores, debates temáticos, tertúlias …).
Não existem compromissos em execução.

Aprofundamento do Papel Pedagógico do Centro Hípico de Baião

  • Aprofundar o conceito do Centro Hípico de Baião como uma importante valência pedagógica e desportiva ao facultar aos baionenses condições para a prática desportiva do hipismo e, simultaneamente, junto à comunidade escolar, em particular a alunos com necessidades educativas especiais no desenvolvimento da socialização e afetividade, através do alargamento do número de praticantes e de utilizadores e da realização de um conjunto de atividades desportivas e eventos vários que permitam uma maior proximidade com os munícipes. Medidas desenvolvidas: Encontros de hipoterapia para várias instituições do concelho e de fora, dirigidos a alunos com necessidades educativas especiais.


Valorização da prática desportiva

  • Promoção da prática do desporto, associada à saúde, bem estar e qualidade de vida dos Baionenses, fazendo uso da riqueza e potencial do concelho em termos de património natural e de recursos colocados ao serviço das populações, como infraestruturas desportivas, percursos pedestres e trilhos. Medidas desenvolvidas: Criação de percursos pedestres e trilhos de BTT; Centro de BTT

  • Garantir a continuidade do apoio ao Clube Náutico de Ribadouro tanto nos aspetos logísticos como na realização de provas de tipologia e dimensão diversa. Medidas desenvolvidas: Apoio ao Clube Náutico para a prática de canoagem e Grande Prémio de F2 em Motonáutica

Festival Byonritmos

  • Reforço do conceito do Festival da Diversidade Byonritmos como momento e espaço multicultural aglutinador da juventude baionense, e elemento de crescente interesse na vida cultural do concelho. Medidas desenvolvidas: O Festival decorreu nos dias 7, 8 e 9 de Agosto de 2018 e está prevista nova edição para os dias 6 e 7 de Agosto de 2019 .

Aprofundamento do Projeto Educativo Concelhio

  • Continuar a aperfeiçoar o Projeto Educativo Concelhio, em diálogo com os diversos atores, dotando-o de mais valências e ferramentas que beneficiem professores, alunos e a comunidade educativa em geral. Medidas desenvolvidas: Projeto em permanente atualização e monitorização em articulação com o Conselho Municipal de Educação e os Agrupamentos de Escolas

Porque os programas não são estanques, são dinâmicos, feitos por pessoas e para pessoas, aqui encontra as medidas inovadoras levadas a efeito pelo Executivo Municipal, para a prossecução do interesse de Baião e dos Baioneses e para a concretização da estratégia e planeamento pretendidos para o Concelho, numa perspetiva de “Ir mais além…”

Protocolo com a ARS Norte para um médico dentista

Ponto de situação: Protocolo assinado para a especialidade de medicina dentária , tendo a autarquia adquirido o equipamento necessário para o funcionamento daquela valência, na USF de Baião.

Desenvolvimento de um projeto supramunicipal com o apoio do Turismo de Portugal “Digital Nomads Adventure”

Ponto de situação: O projeto inclui Baião, Amarante, Mondim de Basto, Cabeceiras de Basto e a CIM, estando em fase de levantamento de necessidades e criação de parcerias.

Requalificação da Casa de Chavães

Ponto de situação: Elaboração de projeto de arquitetura, para posterior identificação de linha de financiamento.

Requalificação da antiga Escola Primária de Sta. Leocádia

Ponto de situação:Elaboração de projeto de arquitetura, para posterior identificação de linha de financiamento.

Requalificação pedonal da variante à Vila de Campelo

Ponto de situação: Projeto de candidatura a fundos comunitários aprovado. Em fase de assinatura dos contratos com as entidades financeiras.

Certificação de Destino Turístico Ambientalmente Sustentável

Ponto de situação: Em processo de preparação de auditoria, estando a iniciar a fase de benchmarking e implementação de projetos de cariz municipal.

Descentralização de competências

Ponto de situação: Respondendo ao desafio lançado pelo governo, a autarquia de Baião, aceitou a transferência de todas as competências propostas.

Construção de um CRO – Centro de Recolha Oficial de Animais ­- Parceria entre os municípios de Baião e de Resende

Ponto de situação: Candidatura de cerca de 250 mil euros, aprovada, com 100 mil euros de financiamento, para a construção de um centro de recolha animal.

Adaptação para cinema do livro de Eça de Queiroz ,“A Cidade e as Serras”

Ponto de situação: Existe guião escrito por um conceituado argumentista, e um acordo com um produtor de cinema para candidatura a financiamento nacional e europeu.

Caminhar para um território ainda mais coeso e requalificado, através da execução de diversas intervenções em todas as freguesias, adicionais às assumidas como prioritárias e vertidas no Programa eleitoral. Estas ações, realizadas por Contratos Interadministrativos, Empreitadas, Administração Direta ou pelas Juntas de Freguesia, são planeadas e executadas em articulação com os Autarcas de Freguesia que, pela sua proximidade e dinamismo, são parceiros fundamentais para o desenvolvimento do concelho, com um foco especial na promoção da qualidade de vida dos nossos cidadãos.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Brevemente disponível.

Terça-feira 14°11°CQuarta-feira 13°7°CQuinta-feira 3°CSexta-feira 1°CSábado 6°CDomingo 5°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico