• Sábado 22°15°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Assembleia Municipal Destaques Educação Juventude

Jovens “deputados municipais” falaram de memórias do fascismo e evocaram os valores de Abril

Que Abril se continue a cumprir!”, apelou um dos oradores na XIV Assembleia Municipal de Jovens de Baião, realizada no dia 15 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, numa sessão muito participada, em que os 50 anos da Revolução dos Cravos, foi o tema em destaque.

Após uma breve explicação do presidente da Assembleia Municipal de Baião, Armando Fonseca, sobre o funcionamento do organismo autárquico, e a cedência de funções ao jovem Rodrigo Teixeira, que conduziu os trabalhos, tiveram lugar as intervenções dos representantes dos três Agrupamentos de Escolas (AE), Maria Inês Martins, do AE do Vale de Ovil; Lara Cardoso, do AE de Eiriz; e Gonçalo Azevedo e Maria João Alves, do AE de Sudeste.

Os jovens baionenses, que receberam como oferta do município, pin’s alusivos aos 50 anos do 25 de Abril, “investidos de funções autárquicas”, evocaram episódios e práticas da ditadura, que lhes foram contadas por quem sentiu na pele “uma época de fraca memória”. Histórias impensáveis nos nossos dias, fruto da “mudança que nos trouxe a liberdade”, frisou um dos alunos.

O ANTES E O DEPOIS DE ABRIL

Não faltaram as referências às iniciativas que, no âmbito da comunidade escolar, se realizam na celebração dos 50 anos da Revolução. Não faltou também o paralelo entre o antes e o depois, em vários domínios da sociedade, com particular enfoque na Educação. Nem o retrato onde existiam “os ineducáveis, ou os normais estúpidos”, num quadro de medo, desrespeito, desigualdade e injustiça, imposto a Portugal durante 48 anos.

E os jovens baionenses demonstraram conhecer bem as vivências desse tempo, ouvidas pela voz de familiares, professores, vizinhos ou amigos. Um tempo obscuro que o 25 de Abril transformou.

Mas nem só de passado viveu esta Assembleia Municipal de Baião. Os jovens também olharam para o presente e apontaram ao futuro. Apesar dos inegáveis avanços, deram conta de aspetos a melhorar nas escolas e na sociedade, nomeadamente ao nível da segurança, da inclusão, do incentivo ao maior envolvimento dos jovens na vida da comunidade.

O futuro profissional esteve também na linha do debate. Os jovens deram nota da sua apreensão sobre a entrada no mundo do trabalho, deixando o desafio para que a escola assuma um papel mais relevante e orientado nesse sentido.

 

O PRIVILÉGIO DE PODER FALAR ABERTAMENTE

No final da sessão, o presidente da Câmara, Paulo Pereira, expressou a sua satisfação pelas intervenções e pelas abordagens, afirmando ser “um privilégio poder falar abertamente, o que só é possível porque aconteceu o 25 de Abril”, sublinhou.

Aludindo aos assuntos abordados, o autarca esclareceu sobre algumas respostas que o município dá a questões que foram levantadas, e lembrou conquistas da Revolução, nos mais diversos domínios da sociedade, colocando a tónica na Educação, mas também na Saúde e na vida profissional.

Alertou também para as ameaças à Democracia que hoje se vivem em vários pontos da Europa, e aos perigos que a Liberdade enfrenta, “hoje, mais do que nunca”, reforçou Paulo Pereira.

A terminar, afirmou a sua “total disponibilidade” para se reunir com os jovens e debater os assuntos que entendam pertinentes, quer no que diz respeito ao município, quer no que concerne aos temas mais prementes da atualidade.

O presidente da Assembleia Municipal de Baião agradeceu a colaboração dos agrupamentos de escolas na realização da Assembleia Municipal, e realçou a “importância dos jovens se envolverem no movimento associativo, participando, ativamente e procurando sempre o bem comum”, frisou.

Também no âmbito desta Assembleia Municipal, os jovens baionenses vão visitar a Assembleia da República no dia 22 de maio.

Além dos jovens, diretores dos agrupamentos e professores, participaram nesta sessão o vice-presidente da Câmara, Filipe Fonseca; os vereadores Anabela Cardoso; José Lima; Célia Azevedo; a porta-voz da bancada do PSD na Assembleia  Municipal, Ana Raquel Azevedo; a presidente da Associação de Pais do AE Vale de Ovil, Sandra Teixeira, outros representantes da comunidade escolar e colaboradores da autarquia.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Sábado 22°15°CDomingo 28°19°CSegunda-feira 30°16°CTerça-feira 20°12°CQuarta-feira 19°13°CQuinta-feira 20°9°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico