• Sábado 22°15°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Institucional Outros

Assembleia Municipal de Baião celebrou os 50 anos do 25 de Abril com evocação e balanço das conquistas da Revolução

Realizou-se, no dia 25 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Sessão Comemorativa do 50.º Aniversário da Revolução do 25 de Abril de 1974. A celebração de uma das mais relevantes conquistas da sociedade portuguesa, numa evocação dos valores assentes na liberdade e pluralismo. Também no âmbito das comemorações, foi inaugurado, na praça Heróis do Ultramar, um monumento em homenagem aos antigos combatentes.

O Salão Nobre do Município cheio, com cada participante a usar o simbólico cravo vermelho, ouviu as intervenções evocativas da efeméride, nomeadamente, do presidente da Assembleia Municipal, Armando Fonseca, do presidente da Câmara Municipal, Paulo Pereira, da porta-voz do PSD, Ana Raquel Azevedo, e do porta-voz do PS, Paulo Ferraz.

As intervenções centraram-se na evocação dos valores de Abril, nas alterações profundas que a Revolução trouxe à vida dos portugueses, com enfoque nos direitos de cada cidadão e da vida em sociedade. A viragem histórica que a “Revolução dos Cravos” representa proporcionou referências à fita do tempo e ao paralelo entre o antes e o depois da Liberdade.

O movimento associativo e o seu papel fundamental no desenvolvimento social e na melhoria da qualidade de vida da população, foi também tema destacado pelos intervenientes, que apontaram o Poder Local, como uma das conquistas mais relevantes.

Não faltou a evocação de figuras locais e nacionais que lutaram pela Liberdade, impulsionadores de uma sociedade mais justa, alicerçada nos valores da Democracia.

Também a “ascensão do populismo” os perigos que “ameaçam a Democracia” mereceram o sublinhado dos intervenientes, que, em face desses sinais, fizeram apelos ao maior envolvimento da sociedade, em particular dos jovens, na vida política e nos destinos de Portugal.

Os antigos combatentes, que também marcaram presença nas cerimónias, ouviram elogios pela forma “honrada como defenderam a nação”.

A sessão solene contou, como habitualmente, com uma Guarda de Honra dos Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere, terminando com a interpretação, em uníssono, do Hino Nacional.

Reveja a transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=aLUwp1aIVEY

Veja aqui as intervenções:

Após esta sessão solene comemorativa, foi inaugurado, na praça Heróis do Ultramar, um monumento em homenagem aos baionenses mortos na guerra do ultramar, da autoria de Ricardo Alves. O autor explicou a simbologia do elemento escultórico:

“O objetivo foi criar um espaço de memória e homenagem aos combatentes do ultramar, com destaque para os baionenses que perderam a vida, e cujos nomes estão gravados no elemento escultórico. Procura simbolizar o impacto devastador que a guerra colonial teve sobre aqueles que a combateram. A parte superior do bloco, decepada, pretende representar o corte, irremediável, nos seus projetos de vida, nos seus sonhos, nas suas famílias, amigos, e na sociedade em geral. Observando o bloco metálico de perfil, a sua forma pretende sugerir uma silhueta humana com o tronco direito e a cabeça ligeiramente curva para a frente. Esta representação evoca uma postura de humildade e respeito perante os nomes dos combatentes do ultramar que perderam a vida em combate. A cabeça inclinada e o corpo direito transmitem um profundo sentimento de homenagem aos combatentes”. 

Nesta cerimónia, que contou com a presença de representantes dos núcleos de antigos combatentes de Marco de Canaveses e de Penafiel, foram impostas condecorações a António Monteiro Valente, antigo combatente baionense.

Veja aqui as intervenções:

Foi ainda realizada uma oração dedicada aos mortos na guerra, pelo pároco Joaquim Ribeiro e a deposição de uma coroa de flores junto ao monumento, pelos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Baião, Paulo Pereira e Armando Fonseca, e pelos antigos combatentes presentes.

No final das celebrações atuou o grupo “Barro Negro”, interpretando “Canções de Abril”, e o grupo de teatro baionense, “Bai’o Teatro” realizou um percurso artístico da Liberdade entre a Praça Heróis do Ultramar, a rua de Camões e a avenida 25 de Abril, acompanhado por participantes nas cerimónias.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Sábado 22°15°CDomingo 28°19°CSegunda-feira 30°16°CTerça-feira 20°12°CQuarta-feira 19°13°CQuinta-feira 20°9°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico