• Quinta-feira 18°9°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Outros

MACC Baião apresenta exposição com obras inéditas que “falam da Revolução”

Foi inaugurada, no dia 20 de abril, pelo presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, no Mosteiro de Ancede Centro Cultural – MACC Baião, a exposição “25 de Abril – 50 anos/50 artistas/50 obras”, reunindo trabalhos de artistas de referência na pintura portuguesa que marcaram o modernismo, o neo-realismo e a arte contemporânea, e que viveram a “Revolução dos Cravos” na primeira pessoa. Julião Sarmento, Cruzeiro Seixas, João Cutileiro, Júlio Pomar, Manuel Cargaleiro, Maluda, Pedro Cabrita Reis, e Vieira da Silva, são alguns dos autores representados na exposição.

Na sequência do sucesso que tem sido a programação cultural e artística do renovado MACC-Baião, apostamos numa exposição que é, ela própria também, a expressão da liberdade artística. Através da arte, da sensibilidade de quem viveu a Revolução, de quem também vivenciou os atropelos e a mordaça dos longos anos que a antecederam, e que, hoje, voltam a erguer-se como ameaça às conquistas de Abril, entendemos que é uma excelente forma de evocarmos os 50 anos do 25 de Abril. Por outro lado, nesta reunião de 50 artistas e das suas obras, que se apresentam em Baião, numa exposição outrora só possível nos grandes centros urbanos, simbolizamos a proximidade, a possibilidade de os baionenses e as pessoas desta região, acederem a obras de arte de grande qualidade. Aqui, sublinhamos uma das maiores conquistas do 25 de Abril, o Poder Local. E haverá melhor forma de celebrarmos a Liberdade?…” apontou o autarca.

 

O presidente da Assembleia Municipal de Baião, Armando Fonseca, destacou a “excelente forma de iniciarmos um conjunto de atividades evocativas e de celebração dos 50 anos do 25 de Abril. Os artistas expressam a sua Liberdade através da arte e, muitos deles, usaram o seu talento, a sua arte, para combaterem o antigo regime. Para nós, é um privilégio ter a oportunidade de apreciar este conjunto de obras neste Centro Cultural que continua a brindar-nos com trabalhos de grande qualidade”, frisou.

 

Para Cabral Pinto, curador da exposição, “mais do que uma homenagem ao 25 de Abril e ao que representou para a sociedade portuguesa, é uma mostra da forte repercussão que a Revolução teve na cultura, de uma forma geral, e na pintura portuguesa em particular, ao mesmo tempo que serve de mote para recordar as implicações negativas na vida e na obra de muitos dos autores que, à data, não poderiam mostrar estes trabalhos e que tiveram, inclusive, de abandonar Portugal, nunca deixando de contribuir para que a Revolução fosse uma realidade, que ficou registada também através das suas obras”, referiu.

Nesta exposição é possível apreciar obras de Álvaro Lapa, Albuquerque Mendes, Ângelo de Sousa, António Charrua, António Costa Pinheiro, António Cruz, António Dacosta, António Palolo, António Sampaio, Armanda Passos, Armando Alves, Artur Bual, Cabral Pinto, Carlos Botelho, Carlos Carreiro, Cruzeiro Seixas, Dórdio Gomes, Eduardo Nery, Fernando Lanhas, Gerardo Burmester, Graça Morais, Helena Abreu, Helena Almeida, Jaime Isidoro, Joana Vasconcelos, João Cutileiro, José de Guimarães, José Escada, José Pedro Croft, José Rodrigues, Julião Sarmento, Júlio Pomar, Júlio Resende, Lourdes Castro, Luísa Correia Pereira, Maluda, Manuel Cargaleiro, Marcelino Vespeira, Mário Césariny, Nadir Afonso, Nikias Skapinakis, Noronha da Costa, Paula Rego, Paulo Ossião, Pedro Cabrita Reis, Pedro Calapez, René Bertholo, Sobral Centeno, Sofia Areal e Vieira da Silva, traçando um percurso desde o Naturalismo tardio até à arte contemporânea da atualidade, passando pelo Modernismo, numa homenagem aos 50 anos do 25 de Abril e à sua contemporaneidade.

“25 de Abril – 50 anos/50 artistas/50 obras” está patente ao público até ao dia 30 de setembro, podendo ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 18h00, mediante agendamento. O preço dos bilhetes é de 2,5 € para residentes em Baião e de 5 € para o público em geral. Como forma de celebrar os 50 anos 25 de Abril, até ao dia 1 de maio inclusive, os baionenses poderão visitar gratuitamente a exposição.

 

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Quinta-feira 18°9°CSexta-feira 22°9°CSábado 19°13°CDomingo 19°9°CSegunda-feira 21°12°CTerça-feira 23°11°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico