• Quinta-feira 1°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Educação

Ministro da Cultura inaugurou a Biblioteca Municipal António Mota

O Ministro de Cultura, Pedro Adão e Silva, presidiu à inauguração da Biblioteca Municipal António Mota, no dia 14 de janeiro, às 12h00, numa cerimónia também marcada pelo reconhecimento da obra do escritor baionense, “um dos maiores da literatura infantojuvenil que agora dá nome a este espaço de conhecimento e saber”, como referiu o Presidente Câmara, Paulo Pereira, sublinhando o investimento a rondar 1,2 milhões de euros e a evolução do município em termos de equipamentos culturais que “dão forma à visão que temos em encarar a cultura e o património cultural como ativo do desenvolvimento e como símbolo do bem-estar daqueles que aqui residem”, frisou.

Baião tem sido uma terra de Cultura nas mais diversas vertentes”, lembrou ainda o autarca, aludindo a alguns dos “grandes vultos da literatura que elegeram o concelho para cenário das suas obras”. Uma referência particular a Eça de Queiroz, com destaque para o livro “A Cidade e as Serras”, um romance que colheu inspiração em Baião.  Paulo Pereira, “em jeito de lembrete” revelou que “o município tem tentado proceder à adaptação do livro para cinema, empreitada que se tem revelado difícil, por força da complexidade logística e das necessidades orçamentais do projeto”, lamentou.

O Presidente da Câmara referiu ainda que a Biblioteca Municipal António Mota “acolherá leitores ávidos e curiosos, terá um projeto que visa formar cidadãos e sensibilizar para as coisas nobres e belas da vida, será um espaço onde várias gerações se podem cruzar”, garantiu.

 

“Semeio palavras e gosto de tricotar com palavras”

Nunca, nunca imaginei que a Biblioteca Municipal tivesse o meu nome. É uma grande honra”, confessou António Mota emocionado. O escritor sublinhou a importância da família, presente na cerimónia, em particular dos 3 netos, referindo tratar-se de “uma forma de passar o testemunho”.

Falou ainda da infância, e nas palavras agora ditas de um texto antigo, revelou como o fascinavam, o avô a lançar a semente à terra, ou a mãe a tricotar. “Eu semeio palavras e gosto de tricotar com palavras”, explicou.

Ovacionado de pé por uma sala cheia, falou também dos que não leem livros, os “desafortunados que nunca tiveram a oportunidade de provar os sabores do sonho, da sabedoria e da vida”. António Mota garantiu que estará disponível para participar em iniciativas que venham a fazer parte da programação da “nossa biblioteca”.

 

“Baião investe na Cultura”

O Ministro da Cultura referiu não poder deixar de se comover estando na presença de António Mota, de quem se assumiu leitor e deu nota da sua satisfação por ver que “Baião investe na Cultura”, sublinhando a “âncora para as comunidades que estes equipamentos representam” e o papel do livro como estímulo à criatividade e como porta de acesso ao conhecimento sobre o mundo. “O livro é a pedra a partir da qual se ergue o edifício da Cultura”, concluiu Pedro Adão e Silva, para a seguir proceder ao descerramento da placa comemorativa e fazer uma visita às instalações, onde ainda houve lugar a um momento literário, com António Mota a apresentar o seu acróstico. Após o final da sessão, o governante viajou até Tormes para uma visita à Fundação Eça de Queiroz.

Na cerimónia de inauguração, que contou também com a presença, a título pessoal, do Ministro da Administração Interna, o baionense, José Luis Carneiro, estiveram ainda presentes, o presidente da Assembleia Municipal, Armando Fonseca, o presidente do Conselho Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Pedro Machado (que é, também, presidente da Câmara de Lousada), o vice-presidente da Câmara, Filipe Fonseca, a vereadora da Cultura, Anabela Cardoso, entre outros vereadores, autarcas de municípios vizinhos, presidentes de junta de freguesia, ex-autarcas de câmara e assembleia municipais, membros da Assembleia Municipal, dirigentes associativos, responsáveis de instituições locais e regionais, entre outras personalidades.

A Biblioteca Municipal António Mota está aberta de segunda a sábado, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, podendo vir a assumir outro horário de funcionamento, em função da procura e da realização de iniciativas específicas.

O novo equipamento resulta da reabilitação integral do edifício da antiga escola primária e na construção de um novo volume com três pisos, compreendendo uma área total de 1,065 metros quadrados.

A entrada principal, pela avenida 25 de Abril, mantém o traçado do antigo edifício escolar e dá acesso a um balcão de atendimento, sala de formação, cafetaria e instalações sanitárias, num piso complementado com terraço e acesso aos pisos inferior e superior, quer por escadas, quer por elevador, tendo uma rampa lateral para permitir o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

No piso inferior existe uma secção infantil e a área de animação para atividades diversas, assim como espaços de serviços internos (sala de receção, manutenção e depósito de documentos, área de trabalho, sala de informática, vestiários e arrumos).

No piso superior encontra-se a secção com livros para adultos e espaços de trabalho, arquivo e arrecadação.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Quinta-feira 1°CSexta-feira 1°CSábado 1°CDomingo 1°CSegunda-feira 2°CTerça-feira 10°3°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico