• Quinta-feira 1°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Obras

Biblioteca Municipal de Baião vai ter o nome de António Mota

A nova Biblioteca de Baião vai designar-se Biblioteca Municipal António Mota, por proposta apresentada pelo Presidente, Paulo Pereira, na reunião de Câmara realizada no dia 11 de janeiro, e aprovada por unanimidade. O novo equipamento que vai ser inaugurado, amanhã, dia 14 de janeiro, pelo Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, terá o nome de um “ilustre baionense que contabiliza 40 anos de atividade literária como escritor, uma personalidade marcante da vida cultural de Baião”, sublinhou o edil, lembrando a consagração do escritor pelo Município, no dia 30 de novembro de 2019.

A justiça da homenagem que se presta a António Mota é ainda justificada pelo autarca baionense com reconhecimento público nacional, comprovado pelos diversos prémios e distinções que lhe foram atribuídos, pela extensa obra literária, com diversos títulos traduzidos em várias línguas, além do contributo que vem prestando em outras publicações e ações relevantes para o enriquecimento do património cultural.

O seu nome ficará perpetuado num dos equipamentos de referência do concelho que se constituirá como um polo dinamizador da Educação e da Cultura, a Biblioteca António Mota – Baião.

António Mota

António Mota nasceu em Vilarelho, Ovil, concelho de Baião, distrito do Porto, em 1957. É professor do Ensino Básico desde 1975 e publicou mais de 100 obras, sendo que mais de 50 livros da sua autoria foram integrados no Plano Nacional de Leitura.

Em 1979 publicou o seu primeiro livro: “A Aldeia das Flores”. Em 1983, com a obra “O rapaz de Louredo” ganhou um prémio da Associação Portuguesa de Escritores.

Em 1990, com o romance “Pedro Alecrim” recebeu o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças. Em 1996, com a obra “A casa das bengalas”, ganhou o Prémio António Botto. Em 2004 recebeu o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para crianças e jovens, na modalidade livro ilustrado, com o livro “Se eu fosse muito magrinho”.

Em 2006 escreveu o seu primeiro livro para adultos Outros Tempos – obra profundamente marcada pela ruralidade.

Em 2008 foi agraciado pela Presidência da República como Oficial da Ordem de Instrução Pública.

Em 2014 e 2015 foi nomeado para o prémio ALMA, uma das mais importantes distinções internacionais na área da literatura infantojuvenil.

A sua obra, “Mensagens do avô”, publicada em 2020, foi a mais recente direcionada para adultos.

Em 2022 lançou o seu último livro com o título “A minha família”.

Participou em diversas publicações concelhias, de onde se destacam, a primeira e única Monografia realizada até hoje, a pensar especialmente nas crianças e jovens, “Andarilhos de Baião”; a publicação regular da página “O Cantinho da Criança”, no jornal concelhio “Notícias de Baião” (primeira série), e a chefia de redação da revista cultural BAYAM, da Cooperativa Cultural de Baião – Fonte do Mel, publicação à qual foi atribuído o estatuto de “Interesse Público Cultural”.

Desde 1980, António Mota é convidado a visitar escolas do ensino básico e secundário e bibliotecas públicas em diversas localidades do País, contribuindo, desta forma, para o fomento do gosto pela leitura entre crianças e jovens. Tem colaborado em vários jornais e foi interveniente em ações realizadas por várias Escolas Superiores de Educação de Portugal.

 

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Quinta-feira 1°CSexta-feira 1°CSábado 1°CDomingo 1°CSegunda-feira 2°CTerça-feira 10°3°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico