• Domingo 6°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Institucional

Ministra da Coesão Territorial elogia exposição “Grandes Mestres” e requalificação do Mosteiro de Ancede

A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, mostrou-se impressionada com a qualidade da exposição internacional “Grandes Mestres” que inaugurou, no dia 15 de outubro, no Mosteiro de Santo André de Ancede, assumindo que será, ela própria mensageira de que “algo maravilhoso se está a passar em Baião”, afirmou.

Nem imaginava o que ia encontrar aqui!”, começou por referir a Ministra, após a inauguração da exposição “Grandes Mestres”, adiantando, “vou levar a palavra do que aqui podem encontrar”. Ana Abrunhosa disse ainda que Baião demonstra que é possível descentralizar a Cultura e que é possível criar circuitos culturais nos territórios do interior. A Ministra da Coesão Territorial sublinhou ainda que “a Cultura é condição essencial para uma sociedade desenvolvida” assegurou.

No Auditório do Mosteiro, a Governante elogiou os promotores da exposição por tornarem possível apresentar em Baião, “obras desta qualidade e grandeza”, deixando um reconhecimento especial ao Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, por tudo o que fez para acolher a exposição.

MOSTEIRO DE ANCEDE É A JOIA DA COROA DE BAIÃO

Referindo-se ao Mosteiro de Ancede, que apelidou de “Joia de Coroa de Baião”, Ana Abrunhosa, disse tratar-se de um “riquíssimo património, com mais de 900 anos de história, que o concelho soube trazer para o presente e está a saber projetar para o futuro”. A Ministra garantiu ainda que voltará quando todas as obras do complexo arquitetónico estiverem concluídas.

Em referência aos apoios comunitários de que beneficiam as obras no Mosteiro de Ancede, a Ministra da Coesão Territorial frisou que “é para este tipo de obras que eles existem”, dizendo que aqueles que questionam e criticam a aplicação dos fundos, “andam distraídos”.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, depois de referir o processo que conduziu à realização da exposição “Grandes Mestres”, agradecendo aos “parceiros”, nomeadamente Victor Pinto, Tiago Feijó e Cabral Pinto, revelou que “era importante abrir o espaço do Mosteiro com um evento marcante”, sublinhou.

Aludindo à qualidade de exposição, o autarca de Baião, assumiu que a “fasquia foi colocada bastante alta”, assegurando, no entanto, que o espaço de Mosteiro de Ancede Centro Cultural Baião, irá manter a atratividade, fruto de uma agenda cultural diversificada e de grande valor e qualidade. Paulo Pereira aproveitou para lembrar que, a exposição “Grandes Mestres”, agora patente ao publico, criou uma oportunidade única de apreciar algumas das obras de arte, uma vez que estão expostas obras de colecionadores particulares que nunca foram apresentadas ao grande público.

Após referência a algumas iniciativas que já foram realizadas no Mosteiro de Ancede, Paulo Pereira, explicou que o complexo arquitetónico, que foi alvo de obras de qualificação, com um projeto assinado por Siza Vieira, será inaugurado em breve, passando a designar-se Mosteiro de Ancede Centro Cultural Baião (MACC Baião).

UMA CÁPSULA DO TEMPO

O Presidente da Câmara Municipal de Baião considera que podemos ver no Mosteiro “uma cápsula do tempo, sendo o repositório de uma história que se perde nos tempos, sabendo-se que é anterior à história de Portugal”. O autarca revelou que o MACC Baião é um projeto que se insere numa “estratégia de valorização de ativos patrimoniais, culturais e turísticos, enquadrados numa visão mais vasta de desenvolvimento sustentável do território e que procura respeitar e valorizar os potenciais endógenos e a memória coletiva de um povo”. Trata-se, portanto, de “um pilar estruturante para o futuro do território”, assegurou.

Neste espaço, está a nascer um Centro Cultural ambicioso, aberto para o mundo e liberto de limitações geográficas ou de rótulos depreciativos, por vezes associados a territórios de baixa densidade”, vincou o autarca, defendendo ser este um bom exemplo da importância que os Fundos Comunitários têm para os territórios e para o seu desenvolvimento.

O edil referiu ainda que o Concelho tem uma estratégia de desenvolvimento turístico alinhada com os desafios da sustentabilidade definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), aludindo à certificação de Baião, como Destino Turístico Sustentável, sublinhando que o Mosteiro de Ancede é um projeto estruturante para a visão que temos no sentido do desenvolvimento do território que assentará a sua missão em quatro pilares: o Museográfico, o Cultural, o Pedagógico e o Científico.

Paulo Pereira deu conta de que a Câmara está a trabalhar para conseguir financiamento para algumas obras que são necessárias, como “a estabilização da cerca, a valorização dos celeiros e lagares, a requalificação dos jardins e parques de estacionamento, a qualificação do pombal ou a prospeção arqueológica do núcleo romano”, revelou o autarca. A propósito da Quinta do Mosteiro, “temos aqui um espaço vivo, onde cultivamos diversos produtos agrícolas, num projeto de economia circular e de responsabilidade social e ambiental e que queremos, em breve, transformar numa unidade de produção agrícola biológica e regenerativa”, adiantou.

A terminar, e em jeito de convite para a visita à exposição, Paulo Pereira referiu que se trata de “uma provocação bem-intencionada”, assumindo o compromisso de que, “no futuro, teremos muitas mais surpresas, provocações, inquietações e motivos para visitar este espaço multicultural”, garantiu.

A exposição internacional “Grandes Mestres” junta 63 obras de alguns dos maiores vultos da arte moderna e contemporânea – como Pablo Picasso, Salvador Dali, Cruzeiro Seixas, Andy Wahrol, Robert Combas, Diego Rivera, Roberto Chichorro, Robert Delauny, Paula Rego, Júlio Resende, Julião Sarmento, Nadir Afonso, Renate Graf, entre outros.

As obras de arte podem ser visitadas até ao dia 13 de novembro, de terça-feira a domingo das 10h30 às 17h30, de hora a hora, por grupos com o máximo de 20 pessoas. As marcações são feitas através do email: mosteiro.ancede@cm-baiao.pt ou do nº de telefone 968476164.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Domingo 6°CSegunda-feira 7°CTerça-feira 10°8°CQuarta-feira 12°8°CQuinta-feira 8°CSexta-feira 9°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico