• Terça-feira 10°5°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Ambiente Destaques Economia Gastronomia Institucional Tradições Turismo

Baião e a experiência enriquecedora em Cilento

O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, faz um balanço “extremamente positivo” da visita realizada, no âmbito da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM-TS) à Bio-Região de Cilento, no Sul de Itália, que decorreu de 19 a 23 de setembro. A deslocação surgiu a convite da International Network of Eco Regions, (IN.N.E.R.), entidade responsável pelo processo de certificação das Bio-Regiões, na sequência do processo em curso que visa a integração da CIM-TS na Rede Internacional das Bio-Regiões.

Para Paulo Pereira, tratou-se de uma “jornada de trabalho muito interessante e de uma troca de experiências que nos torna a todos mais ricos e mais esclarecidos no que respeita às boas práticas em prol da sustentabilidade e melhoria das condições de vida das populações, em harmonia com o planeta”. O edil baionense sublinha ainda que, nesta experiência, “encontramos o sentido para que os autarcas dos territórios interessados no desenvolvimento de um projeto similar, procedam a um trabalho de campo para compreenderem o desafio e identificarem pontos em comum que permitam a identificação e desenvolvimento de parcerias”.

Os dias da presença da representação portuguesa na Bio-Região italiana foram preenchidos com visitas de campo, reuniões de trabalho em torno das experiências locais, ou em partilha de conhecimentos, dando também a conhecer a nossa realidade.

Na terça-feira, dia 20 de setembro, realizou-se uma visita à Empresa Agrícola La Petrosa. Trata-se de uma aposta no Agroturismo, onde os hóspedes podem desfrutar de um vasto leque de opções e de emoções. La Petrosa é, ao mesmo tempo, um hotel, um parque natural, uma fazenda, um castelo, um velho celeiro, um local de acampamento, um restaurante com comida tradicional, produzida no local, entre outras valências.

Ao final da tarde, teve lugar uma Reunião das Bio-Regiões, com a participação de instituições, organizações internacionais (IN.N.E.R./GAOD) e stakeholders locais. Mais uma oportunidade para a comitiva portuguesa partilhar experiências e colher ideias e ensinamentos sobre opções, práticas e resultados.

Métodos de cultivo que regeneram a vida útil do solo

O dia de quarta-feira, dia 21 de setembro, foi preenchido com uma visita à Cooperativa Agrícola Nuovo Cilento, em San Mauro Cilento, com a companhia do Presidente da Câmara de San Mauro Cilento. Esta Cooperativa, fundada em 1976, dedica-se, entre outras atividades, à produção de azeite extra virgem, com elevada concentração de antioxidantes e utiliza métodos de cultivo que regeneram a vida útil do solo.  O Almoço foi servido no restaurante integrado na Cooperativa e que propõe as receitas da antiga cozinha de Cilento, preparada com os produtos da biodiversidade local e da dieta mediterrânea. A Cooperativa integra um “Laboratório de Pesquisa Gastronómica”, denominado “Al Frantoio”.

Um estilo de vida inspirado na alimentação saudável

Durante a tarde, decorreu a visita ao Museu Vivo da Dieta Mediterrânea de Pioppi, local onde se iniciou o processo que conduziu à atribuição do estatuto de Património Imaterial da Humanidade. O Ecomuseu da Dieta Mediterrânea, é composto por cinco salas de exposição, com painéis descritivos e vídeos, incluindo uma dedicada aos sentidos, com instalações para paladar, tato e olfato e o espaço para massas caseiras, com tutoriais em vídeo das donas de casa de Cilento. Além de outros atrativos,  promove oficinas educativas, aulas de culinária e visitas guiadas por caminhos, hortas e moinhos na região, incentivando um estilo de vida inspirado na alimentação saudável, no respeito pelo meio ambiente e pela cultura local.

Na quinta-feira, dia 22 de setembro, a visita centrou-se no Parque Arqueológico de Elea–Velia, Património da Humanidade, que apresenta as antigas ruínas da Magna Grécia, que remontam ao século VI a.C. Neste Parque, a delegação portuguesa esteve em contato com o responsável pela dinamização, numa troca de ideias e procedimentos relativos a boas práticas, no âmbito da salvaguarda e promoção do património cultural. Neste caso, estabelecemos o paralelo com o Município de Baião e com o trabalho que temos desenvolvido no sentido do estudo e da valorização do Património, de que é exemplo, o Campo Arqueológico da Serra da Aboboreira, numa parceria com os concelhos vizinhos de Amarante e Marco de Canaveses, que culminará com a classificação como Área Protegida Regional.

Ao final da manhã de quinta-feira, a comitiva portuguesa foi conhecer a empresa Agroturística Anna dei Sapori. Esta unidade aposta na produção biológica do figo branco, um produto autóctone de Cilento, do qual é feita também a secagem. É uma empresa de referência, exemplo de economia circular, está dotada de espaços de alojamento turístico e de um restaurante que serve refeições confecionadas com base em produtos biológicos.

Situada no Parque Nacional de Cilento, Vallo di Diano e Alburni – Região da Campânia, Itália, a Bio-Região de Cilento inclui 41 municípios-membros, mais 54 municípios, também localizados na área do parque. Estes, apesar de não estarem associados, recebem, regularmente os serviços oferecidos pela Bio-Região. Além da área de 3.196 quilómetros quadrados da Bio-Região, existem ainda 1.032 quintas orgânicas, 26.932 hectares de Área de Agricultura Orgânica Total, 13.749 hectares de Agricultura Orgânica Utilizada e 3 sítios arqueológicos e culturais.

A Bio-Região de Cilento é um exemplo de boas práticas e apresenta um conjunto de projetos consolidados e com resultados positivos. A deslocação da delegação da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa permitiu estreitar laços e acertar parcerias para o futuro, estando já em agendamento outros encontros, quer na nossa Região, quer em Itália.

 

 

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Terça-feira 10°5°CQuarta-feira 6°CQuinta-feira 11°6°CSexta-feira 3°CSábado 5°CDomingo 11°8°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico