• Sexta-feira 27°17°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Economia Emprego Formação Institucional Tradições

Câmara Municipal de Baião quer classificar as Bengalas de Gestaçô como Património Imaterial Nacional

As Bengalas de Gestaçô são um produto artesanal baionense de referência e com uma longa história no que diz respeito à sua produção e conceção.

Nesse sentido, a Câmara Municipal de Baião, através do Pelouro da Cultura e Património Cultural encetou esforços com o objetivo de classificar as Bengalas de Gestaçô como Património Imaterial Nacional.

No dia 18 de fevereiro deslocaram-se a Baião três técnicos da Direção Geral do Património Cultural (DGPC) para aferirem da viabilidade da atribuição deste reconhecimento a esta elemento do artesanato baionense.

A visita foi acompanhada pela vereadora da Cultura e Património Cultural, Anabela Cardoso e Rui Mendes, Adjunto da Presidência, tendo também marcado presença os presidentes de freguesia de Gestaçô, António Bento e de Frende, Rui Monteiro, bem como técnicos da autarquia.

Os especialistas da DGPC estiveram nas oficinas dos artesãos, para observaram todo o processo de conceção e produção e para perceberem, através dos seus relatos, as matérias-primas utilizadas e a forma como trabalham, nomeadamente as técnicas empregues, que se mantém praticamente inalteradas desde há mais de um século e de que forma o conhecimento foi sendo passado de geração em geração.

PATRIMÓNIO IMATERIAL NACIONAL

Em 2003, na 32ª Conferência Geral das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, foi aprovada a Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial.

De acordo com a Convenção, considera-se Património Cultural Imaterial, as práticas, representações, expressões, conhecimentos e aptidões – bem como os instrumentos, objetos, artefactos e espaços culturais que lhes estão associados – que as comunidades, os grupos e, sendo o caso, os indivíduos reconheçam como fazendo parte integrante do seu património cultural.

Esse património cultural imaterial, transmitido de geração em geração, é constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função do seu meio, da sua interação com a natureza e da sua história, incutindo-lhes um sentimento de identidade e de continuidade, contribuindo, desse modo, para a promoção do respeito pela diversidade cultural e pela criatividade humana.

 

Anabela Cardoso, Vereadora da Cultura e Património Cultural acompanhou os técnicos da DGPC e referiu que “esta classificação, a concretizar-se, é algo que pode valorizar de sobremaneira as Bengalas de Gestaçô. E é justo o reconhecimento que também traz para os artesãos, uma vez que estes é que são os verdadeiros continuadores desta arte e aqueles que a mantêm viva. Iniciamos o processo de classificação, que agora seguirá os trâmites a que está sujeito.

Esta visita é uma das etapas de avaliação por parte dos técnicos e permite que estes percebam pessoalmente a verdadeira riqueza deste nosso Património.

Vamos aguardar pela conclusão do processo e esperamos que as Bengalas de Gestaçô possam ser classificadas como Património Imaterial Nacional, o que muito orgulharia todos os baionenses.”

 

CURSO DE FORMAÇÃO VAI ENSINAR A ARTE DAS BENGALAS DE GESTAÇÔ

De recordar que a Câmara Municipal de Baião, o CEARTE – Centro de Formação Profissional do Artesanato e a Junta de Freguesia de Gestaçô vão realizar uma formação sobre a centenária arte das Bengalas de Gestaçô.

Com início previsto para a segunda quinzena de março, este curso terá a duração de 200 horas e componente prática e teórica. Trata-se de uma formação financiada, que terá lugar na freguesia de Gestaçô.

TÉCNICOS TAMBÉM VISITARAM ARTESÃS DAS CESTAS DE FRENDE

A Vereadora da Cultura convidou os técnicos da DGPC para visitarem as artesãs das cestas de Frende, uma vez que se trata também de um produto artesanal baionense de excelência.

A estratégia tendente à sua classificação está já definida, no entanto, requer a prossecução de mais estudos para que se possa efetuar a candidatura.

 

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Sexta-feira 27°17°CSábado 30°18°CDomingo 30°18°CSegunda-feira 30°17°CTerça-feira 31°19°CQuarta-feira 32°22°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico