• Domingo 19°17°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Cultura Destaques Turismo

Espólio queirosiano de grande valor foi integrado na Fundação Eça de Queiroz

O acervo da Fundação Eça de Queiroz foi enriquecido com a integração da maior biblioteca queirosiana, reunida por Luís Santos Ferro, um colecionador e amante da obra queirosiana falecido em 2020, aos 81 anos.

A inauguração do núcleo Luís Santos Ferro deu-se a 12 de julho, data em que se assinalaram 82 anos do nascimento de Luís Santos Ferro.

O núcleo Luís Santos Ferro passa a estar incluído na visita à Fundação Eça de Queiroz e está aberto a estudiosos e interessados na obra queirosiana que queiram consultar documentos.

VALORIZAR O ESPÓLIO E MANTER A SUA UNIDADE

Em representação da família, o primo e homónimo Luís Santos Ferro explicou na cerimónia que “a maneira de realmente valorizar o espólio era mantê-lo unido e disponibilizá-lo à investigação e a quem quiser aprofundar aspetos da vida e obra de Eça de Queiroz”. A escolha da Fundação deveu-se ao facto de “fazer mais sentido, pela sua própria natureza, mas também porque havia uma relação de proximidade ao longo da vida do meu primo e da Fundação”.

O Presidenta da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, primo de Luís Santos Ferro, manifestou-se satisfeito pelo destino do acervo, afirmando que “é um espólio magnífico e muito rico e embora haja cinco herdeiros, todos foram unânimes em considerar que a Fundação era o destino ideal. E, portanto, é com uma grande emoção e uma grande satisfação que estou aqui, e agradecendo também à Câmara Municipal de Baião e à Fundação Eça de Queiroz o papel muito importante que tiveram para que este dia fosse possível”.

Afonso Eça de Queiroz Cabral, presidente do Conselho de Administração da Fundação, agradeceu a confiança da família. “É um grande dia para a Fundação, que fica mais enriquecida e pode assim cumprir melhor a sua obrigação estatutária que é perpetuar a memória do escritor e a sua obra”.

O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, em representação do Município, referiu que o acervo de Luís Santos Ferro permitirá “novas leituras da obra de Eça de Queiroz, assim como conhecer o homem por detrás da obra em toda a sua dimensão. Contribuirá para divulgar o génio literário, o humanista e também a dimensão privada de Eça de Queiroz”.

O autarca baionense afirmou que é “responsabilidade do Município envolver-se como parceiro da Fundação na garantia da sua sustentabilidade e na promoção do seu objeto científico e cultural, sendo que o seu desempenho e sucesso afirmam Baião pela positiva”.

UM NÚCLEO QUEIROSIANO MUITO RICO

O Núcleo Luís Santos Ferro contém todas as publicações em vida de Eça de Queiroz, além de manuscritos, revistas, estudos académicos, opúsculos, traduções, curiosidades bibliográficas, fotografias, documentos e objetos artísticos. Trata-se de um rico acervo distribuído por 35 metros lineares em mais de mil entradas bibliográficas, não contando com os periódicos e demais monografias e recortes.

LUÍS SANTOS FERRO, UM APAIXONADO PELA OBRA QUEIROSIANA

Luís Santos Ferro era engenheiro de formação, mas a paixão pela cultura fazia dele presença assídua no Grémio Literário de Lisboa, tendo integrado o Conselho Literário desde 1995 até à sua morte.

Visitou a Casa de Tormes pela primeira vez em 1961 e todos os anos regressava a Santa Cruz do Douro. Manteve contacto regulares com a filha do escritor, Maria Eça de Queiroz de Castro e mais tarde com Maria da Graça Salema de Castro e acompanhou de perto o projeto de criação da Fundação Eça de Queiroz.

A paixão pelo universo “Queirosiano” fez com que ao longo da vida fosse reunindo um espólio riquíssimo.

Trata-se de um acervo com mais de mil entradas bibliográficas, que Luís Santos Ferro idealizou como um todo e que reflete o projeto de uma vida.

Na altura do seu falecimento, em janeiro de 2020, a família achou que não devia dividir o espólio, tendo optado pela doação à Fundação Eça de Queiroz em Santa Cruz do Douro.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Domingo 19°17°CSegunda-feira 23°17°CTerça-feira 26°15°CQuarta-feira 18°12°CQuinta-feira 17°10°CSexta-feira 17°11°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico