• Domingo 16°16°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Saúde

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa prepara projeto piloto na área da saúde mental para Baião

O concelho de Baião vai integrar um projeto-piloto na área da saúde mental especialmente vocacionado para a área da infância e da adolescência, no âmbito de um projecto de parceria entre o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa e a Câmara Municipal de Baião.

Esta medida deverá designar-se Equipa Comunitária de Saúde Mental – Infância e Adolescência (medida prevista no Plano Nacional de Saúde Mental).

A implementação começou a ser trabalhada durante uma reunião, realizada a 8 de março, entre o presidente do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, Carlos Alberto Silva, o presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira e o vice-presidente da autarquia, que tem o pelouro dos Assuntos Sociais, José Pinho Silva.

A abordagem proposta pelo Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa passa pela criação de uma equipa multidisciplinar, formada por colaboradores daquela instituição: desde psiquiatra com especialidade na área de infância e adolescência; enfermeiros; psicólogos e terapeutas.

Estes profissionais deverão deslocar-se regulamente ao concelho de Baião para realizar consultas, sessões terapêuticas, reuniões de acompanhamento e outras, que promovam o acompanhamento de crianças e de jovens nos mais diversos contextos.

“Cada vez mais a estratégia passa por trabalho na comunidade. Pretendemos realizar um trabalho de grande proximidade com as realidades locais e garantir um acompanhamento regular, que permita obter melhores índices de saúde mental junto das populações mais jovens. Pretendemos promover a reabilitação e reintegração de pessoas e desenvolver estratégias de promoção da saúde mental e prevenção da doença. Estamos a falar de faixas etárias muito novas e onde uma abordagem precoce pode ter um impacto muito relevante”, contextualiza Carlos Alberto Silva. Para este responsável, é especialmente importante começar este trabalho pelos concelhos mais distantes da sede do Centro Hospitalar, porque nestes casos é mais difícil o acesso a consultas destas especialidades.

O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, considerou que uma abordagem dessa natureza pode ser “muito importante para a comunidade local, especialmente no período de pandemia que vivemos, mas também no período que se irá viver quando a pandemia terminar, porque esse também não será isento de dificuldades”.

“Estamos muito interessados e iremos colaborar em tudo o que estiver ao nosso alcance, até na perspetiva desta resposta poder alargar-se a outras camadas da população, para quem possa ser útil”, referiu Paulo Pereira.

Já José Pinho Silva, manifestou grande interesse na participação neste projecto, defendendo que a equipa de saúde mental deverá realizar um trabalho de diálogo e articulação com as estruturas existentes no terreno, nomeadamente com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, equipas de Psicológicos dos Agrupamentos de Escolas e com as Unidades de Saúde Locais.

Entre as áreas em que se pretende ter uma atuação prioritária estão:

– bebés e crianças em idade pré-escolar que não estejam a frequentar a creche ou jardins de infância e que estejam aos cuidados de pais com patologia mental identificada;

– crianças ou adolescentes que estejam em situação de recusa escolar;

– grávidas ou mães adolescentes.

AnteriorSeguinte

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! ?

Domingo 16°16°CSegunda-feira 28°16°CTerça-feira 28°16°CQuarta-feira 30°17°CQuinta-feira 28°15°CSexta-feira 26°14°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico