• Terça-feira 24°15°C
  • pt PT
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Economia

Secretário de Estado da Economia presidiu a cerimónia de ampliação de empresa têxtil

Realizou-se, a 7 de setembro, a inauguração da ampliação da empresa têxtil Confeções Manuela & Pereira, na Zona Industrial de Gôve / Eiriz. A cerimónia contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves e do presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira.

O autarca baionense aplaudiu este investimento em tempos de pandemia, considerando-o um exemplo de “capacidade de trabalho e de resiliência”, porque permitirá aumentar a capacidade produtiva da empresa e contratar novos trabalhadores.

“Esta empresa merece a nossa admiração pelo modo como foram capazes de reagir ao embate da concorrência vinda da China, há alguns anos atrás, e, mais recentemente, ao impacto da pandemia COVID-19. A forma como ultrapassaram essas «ondas» e foram adaptando a sua atividade, merece a nossa admiração”, referiu Paulo Pereira.

O autarca baionense disse ainda que este projeto demonstra boa cooperação, porque o investimento da empresa foi apoiado por fundos públicos dos sistemas de incentivos à Inovação Produtiva no contexto do COVID-19 (Portugal 2020).

“Por este investimento vemos de forma prática o modo como uma medida de apoio, criada pelo Governo pode ser bem aproveitada por uma empresa. É uma demonstração de que como as empresas estão aqui para ajudar à recuperação económica”, observou Paulo Pereira.

Dirigindo-se ao Secretário de Estado da Economia, Paulo Pereira lembrou a importância das boas estradas e vias de comunicação, enquanto fatores competitivos, para o desenvolvimento dos territórios. Nesse aspeto, citou a necessidade de se realizarem obras como a ligação entre Baião e a Ponte da Ermida; a requalificação da estrada 304-3 (entre Teixeira, Gestaçô e Santa Marinha do Zêzere); a ligação entre Quintã (Marco de Canaveses), Mesquinhata e Cinfães; ou a eletrificação da linha do Douro.

E disse ainda que os fundos comunitários programados para o futuro devem ter um olhar mais atento para os territórios que precisam mais de convergir com o país e com a Europa. “Este é um tempo de «andar ainda mais da perna» e esta inauguração traduz bem como isso se faz”, concluiu Paulo Pereira.

 

GOVERNO TEM DISPONIBILIZADO FUNDOS ÀS EMPRESAS

O Secretário de Estado da Economia destacou a enorme capacidade de adaptação das empresas portugueses, que num cenário de incerteza conseguiram reinventar-se e criar produtos novos. João Neves referiu que existem instrumentos públicos que podem ser utilizados pelas empresas para reforçar a sua capacidade produtiva. Nesse sentido, num curto período foram disponibilizados 350 milhões de euros de fundos às empresas. “O objetivo é agora esperarmos que a situação de saúde pública possa estabilizar e, quando houver condições, possamos entrar numa fase diferente do ciclo económico, com empresas mais fortes, mais competitivas e mais sustentáveis”, observou o governante.

 

UMA HISTÓRIA COM 30 ANOS

No seu discurso, a administradora da empresa, Manuela Pereira, agradeceu o apoio dos trabalhadores, dos clientes e dos fornecedores da empresa, referindo que foram eles que ajudaram a construir uma empresa com 30 anos de história. “Esta é uma história de resiliência que hoje vive um dia de futuro, ainda que de forma dramática devido à pandemia”, notou. Manuela Pereira referiu que a pandemia representou um grande desafio, porque foi difícil manter todos os postos de trabalho. Mas mostrou também que as empresas portuguesas, sobretudo as pequenas, têm uma grande capacidade de se renovarem e lutar contras as adversidades. O setor do vestuário, em concreto, um dos que mais emprega em Portugal, deve ser também valorizado por isso. “Queremos é ter ferramentas para trabalhar. Deixem os empresários trabalhar e ter condições para mostrar o que podem fazer”, notou. E terminou com outro “lema” da empresa – “A melhor forma de prever o futuro é criá-lo. Juntos somos mais fortes, divididos não somos ninguém”, observou.

Antes, já o responsável criativo da empresa, Joaquim Pereira, tinha discursado para partilhar os desafios encontrados pela administração da empresa em tempos de grande incerteza com o surgimento da pandemia. Este responsável abordou o modo como se poderiam organizar as rotinas de trabalho, proteger os colaboradores e conceber novos produtos que o mercado agora reclamava, nomeadamente as máscaras de proteção.

Também o presidente do IAPMEI, Agência para a Competitividade e Inovação, Nuno Mangas, usou da palavra e destacou o facto de se terem passado apenas quatro meses entre o pensar no projeto e a sua concretização. “Isso foi possível porque houve simplificação de processos, mas também porque temos empresários com capacidade para, rapidamente, produzirem produtos novos e com qualidade, como é o caso das Confeções Manuela & Pereira”, observou.

 

AMPLIAÇÃO TRAZ NOVAS CAPACIDADES À EMPRESA

O projeto de ampliação da empresa foi executado em tempo recorde, em menos de dois meses e permitiu a criação de uma nova linha de produção inovadora, que permitirá produzir produtos técnicos e outros. Trouxe ainda a automatização e a informatização da sala de corte, que garantirá mais eficiência e qualidade nesta função. Por fim, as novas instalações permitirão aumentar o distanciamento físico entre os trabalhadores.

Para que este projeto pudesse ser realizado, a Câmara Municipal de Baião solicitou a elaboração de um Plano de Alinhamentos, na Estrada Nacional 108, que fica adjacente à Zona Industrial de Gôve / Eiriz. Este plano foi aprovado pelas autoridades competentes e revelou-se fundamental para a viabilização do projeto. O plano abrange as fábricas e empresas instaladas na zona industrial que estão situadas junto à referida estrada nacional.

Recorde-se que a empresa Confeções Manuela & Pereira foi uma das primeiras, em Portugal, a conseguir produzir máscaras sociais de proteção contra a COVID-19, obtendo a certificação do CITEVE no final de abril.

Marcaram presença na inauguração várias personalidades como o presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Luís Carneiro, a presidente da Associação Empresarial de Baião, Maria Miguel Dinis Correia, o presidente da Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confeção, César Fontes Araújo, o vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, José Pinho Silva e o vereador dos Assuntos Económicos da autarquia, José Lima ou o Primeiro Secretário da CIM Tâmega e Sousa, Telmo Pinto.

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMUNIQUE UMA OCORRÊNCIA
NO TERRITÓRIO DE BAIÃO

Alerte a Câmara Municipal de Baião para OCORRÊNCIAS no espaço público (quedas de árvores, fugas de água, estrada danificada, animais abandonados, entre outros…).

Clique AQUI para aceder à página de submissão de alertas.

Baião agradece-lhe o tempo dispensado.
Obrigado! 👍

Terça-feira 24°15°CQuarta-feira 21°12°CQuinta-feira 19°13°CSexta-feira 11°8°CSábado 13°8°CDomingo 16°9°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico