• Domingo 24°17°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Economia

Feira do anho assado e do arroz do forno voltou a ser um sucesso

As portas da 14ª edição do Festival do Anho Assado e do Arroz do Forno de Baião abriram na sexta-feira, dia 26 de julho, às 19h00, e só se fecharam no domingo, 28 de julho. Durante 3 dias houve mesa farta e recheada com sabores tradicionais de Baião, na Feira do Tijelinho.

O Festival marcou um dos pontos altos do verão por terras de Baião no que à boa gastronomia diz respeito. O protagonista da festa foi o anho assado, um manjar que em Baião é confecionado por mãos sábias e com ingredientes de grande qualidade.

Conquistar os visitantes pela qualidade da gastronomia e dos nossos produtos, mas também pela simpatia e pelo bem-receber dos baionenses”. O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, referiu, na cerimónia de abertura do certame, onde cumprimentou, um a um, produtores e restaurantes presentes, que “estes dois fatores têm contribuído para a dinamização do turismo no concelho e que a tendência é de crescimento nos próximos anos”. O autarca, que esteve acompanhado na cerimónia de abertura pelo restante executivo municipal, por Luís Pedro Martins, presidente da Turismo do  Porto e Norte de Portugal, por vários presidentes da Junta, Associações e entidades, realçou o esforço de quem participa no evento: “Isto não seria uma realidade sem o excelente trabalho dos restaurantes, dos produtores locais, dos agentes de turismo, dos colaboradores da autarquia e de tantas outras entidades que todos os dias puxam Baião para a frente”.

E fazendo jus a esse esfoço, a feira voltou a encher-se de turistas e apreciadores da boa gastronomia e estima-se que tenham sido servidas mais de 4000 refeições em 3 dias de festival.

Foi a Câmara Municipal de Baião que preparou o certame para que tudo se processasse nas condições ideais. A festa contou com três restaurantes, a quem coube a missão de confecionar a receita tradicional do Anho Assado, usando, para isso, os tradicionais fornos a lenha. Nestes fornos entraram os alguidares de barro com o anho e o arroz, cozinhados numa rica calda com várias carnes.

40 produtores juntaram-se à festa com um pouco do melhor que é produzido em Baião, onde se inclui o Biscoito da Teixeira, as compotas, os licores, o sumo de laranja natural, a ginja, a broa de milho, a doçaria, as amêndoas, o artesanato… um mundo de sabores, cores e arte que milhares de pessoas provaram e/ou apreciaram diretamente.

O Festival do Anho Assado não se esgotou na gastronomia: houve espaço para a música e outras manifestações da cultura popular. Um dos pontos altos do evento foi a atuação do duo “Ricardo e Henrique” no sábado, dia 27, às 22h30. Destaque, também, para o Festival de Folclore no domingo à tarde, dia 28, que trouxe a Baião dois Ranchos externos, de Cinfães e Guimarães. Pelo recinto passaram, também, grupos de Zés P´reiras, tocadores de concertinas e a Banda Marcial da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

O evento teve lugar num recinto especialmente montado para o efeito, com mais de 1700 metros quadrados onde couberam milhares de visitantes.

Os vinhos verdes da sub-região de Baião, com destaque para a casta Avesso, também marcaram presença e tão bem acompanharam a generosa refeição de Anho Assado com Arroz de Forno. O mesmo se pode dizer das Bengalas de Gestaçô e das Cestas de Frende, peças de artesanato muito representativas no concelho.

Turistas de todo o mundo elogiaram a organização do evento e a qualidade dos produtos de Baião. Do Brasil, Bélgica, Suíça, Itália ou Inglaterra, chegavam a todo o momento palavras afetuosas sobre as gentes de Baião e os sabores apresentados. Esta “viagem” foi assim, a cada almoço e jantar durante os 3 dias de evento.

Na cerimónia de encerramento do certame, José Lima, vereador dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião, acompanhado em palco por todos os produtores participantes do Festival, mostrou-se muito satisfeito por constatar, de novo, o sucesso do evento, e agradeceu a todos, produtores e organização, o facto de ajudarem, com brio e dedicação, a levar o nome de Baião além-fronteiras. “14 anos de Festival é um desafio porque a ideia pode, à partida, parecer gasta. Mas não. Todos os anos este Festival nos surpreende. Se revona. Todos os anos recebe cada vez mais pessoas. Todos os anos reafirma a sua importância. Vamos mantê-lo porque é uma boa montra do melhor que cá produzimos, e serve, também, como ponto de encontro dos vários emigrantes espalhados pelo mundo e que, nesta altura do ano, vêm matar saudades dos nossos sabores”.

Uma nova edição do certame está já garantida para o próximo ano.

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Domingo 24°17°CSegunda-feira 28°16°CTerça-feira 28°16°CQuarta-feira 28°16°CQuinta-feira 31°18°CSexta-feira 29°15°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico