• Domingo 10°8°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Obras

Obras no centro de Santa Marinha do Zêzere arrancam na última semana de março

O ato de consignação da obra foi assinado ontem, 20 de março, entre a autarquia e a empresa que ganhou o concurso para requalificar o centro da vila de Santa Marinha do Zêzere. Sem perder mais tempo, a autarquia pediu que se avançasse com a obra o mais rapidamente possível. Paulo Pereira, acompanhado pelo presidente da Junta local, Manuel Pereira, e por técnicos da autarquia, passou na tarde de ontem, 21 de março, nas ruas a intervencionar e contactou com diversos populares onde lhes deu conta da data de arranque dos trabalhos: 25 de março, a próxima segunda feira.

O projeto foi apresentado à população no final de 2017 e desde então que a autarquia o tem pronto. No entanto, só em agosto de 2018 é que o órgão de gestão dos Fundos Comunitários em Bruxelas enviou luz verde.

O projeto, candidatado ao Plano de Ação de Regeneração Urbana, destinado, fundamentalmente a áreas urbanas das Vilas, é uma obra de valor elevado, que ultrapassa os 400 mil euros. Foi, precisamente, pelo custo elevado da obra que a mesma teve que ser submetida ao visto do Tribunal de Contas. Formalidades burocráticas que não dependem da autarquia e que acabaram por deixar a Câmara Municipal, com o processo pronto, a aguardar.

Recorde-se que as intervenções vão decorrer na Rua 20 de Junho, desde a rotunda junto ao Centro Cívico até aos Bombeiros Voluntários de Santa Marinha do Zêzere e na Avenida Padre António Moreira Barbosa, que liga a Rua 1º de Maio com a Rua Professor Albino de Carvalho.

O projeto, elaborado por técnicos da autarquia, contempla diversos trabalhos relacionados com o reperfilamento dos arruamentos, construção de passeios, pavimentações, revisão do sistema de iluminação pública, mobiliário urbano e renovação do sistema de armazenamento e recolha de lixo.

Na Rua 20 de junho as intervenções estendem-se ao longo de 700 metros e as obras contemplam a construção de espaços pedonais e cicláveis, como a edificação de passeios e a revisão de zonas de estacionamento onde se inclui um espaço para bicicletas.

Também na Avenida da Igreja vão ser reformuladas, ao longo de 200 metros, as zonas de estacionamento, com destaque para a mobilidade pedonal e para quem usa a bicicleta como meio de transporte ou lazer. Os espaços verdes da rua vão ver a linha arbórea melhorada e a iluminação pública vai tornar-se mais eficiente.

Muito satisfeito por, finalmente, poder dar luz verde ao início dos trabalhos está Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião que garantiu que por si “a obra já estaria concluída há muito tempo, mas as burocracias inerentes não permitiram”, reforçando com o cumprimento da lei, que a “autarquia acata de forma escrupulosa”.

Manuel Pereira mostrou-se igualmente agradado por ver “uma das obras mais ambicionadas pelos zezerenses” no bom caminho e pediu aos populares a compreensão possível para os constrangimentos que, eventualmente, os trabalhos venham a causar. “O centro da Vila vai ficar mais moderno e mais bonito, ao nível das outras duas vilas concelhias e isso deixa-nos muito felizes, naturalmente. No final, valerá a espera e os constrangimentos por isso, vamos todos facilitar os trabalhos”, rogou.

O edil baionese pediu o mesmo a todos que consigo se cruzaram na rua: “não há obras sem constrangimentos, ou porque há pó em excesso, ou porque o trânsito fica caótico, ou porque o nosso estacionamento de sempre deixa de o ser temporariamente, o que é preciso ter um pouco de paciência. São consequências naturais da remodelação dos espaços e não temos forma de contornar a situação, embora tenhamos dado instruções claras à construtora de que deve minimizar a problemática sempre que seja possível.  O que peço a todos os zezerenses é compreensão. O que aqui vamos fazer vai valorizar o espaço público, o espaço das pessoas e para as pessoas além de que potenciará a qualidade de vida que a vila consegue oferecer. Vai valer muito a pena”, da conta. 

A obra, idealizada há já alguns anos, foi um compromisso assumido por Paulo Pereira nas últimas eleições autárquicas e terá um prazo de execução de 7 meses. O autarca baionense lembra que todos os compromissos por si assumidos no início da sua legislatura “são para cumprir”.

 

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Domingo 10°8°CSegunda-feira 3°CTerça-feira 2°CQuarta-feira 8°CQuinta-feira 8°CSexta-feira 13°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico