• Domingo 11°8°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Obras

CDS-PP do Porto junta-se a Paulo Pereira na luta pela ligação à Ponte da Ermida

27 projetos e 30 anos depois

No seguimento das reuniões de trabalho realizadas com os deputados do PS e PSD, Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião, acompanhado pelo Vice-Presidente, Pinho Silva, deslocaram-se na manhã de ontem, 25 de fevereiro, ao Porto para, a seu pedido, reunir com os deputados do CDS – PP eleitos pelo Círculo do Porto. A ligação de Baião à Ponte da Ermida deu o mote à reunião.

Sobre a obra em questão, a autarca baionense tem desencadeado, ao longo dos últimos anos várias diligências, mas, nas últimas semanas, decidiu intensificá-las depois de perceber que a obra, reclamada há mais de 30 anos pela população da região, não consta no Plano Nacional de Investimentos (PNI 2020/2030), pelo menos para já.

Paulo Pereira continua a reclamar a obra e não compreende como pode ser possível “a ligação ter sido esquecida de novo, pese embora todo o trabalho que tem sido feito e a importância da infraestrutura, reconhecida por todos como crucial e determinante para o desenvolvimento de toda a região”.

Na reunião de trabalho, que tinha como objetivo sensibilizar os deputados para que, em sede de discussão na Assembleia da República, possam defender a construção desta via, esteve presente Fernando Barbosa, presidente da distrital do Porto do CDS – PP, os deputados Álvaro Castelo Branco e Cecília Meireles, e Luís Teixeira, presidente da Concelhia de Baião do CDS.

Paulo Pereira, que convidou todas as estruturas partidárias distritais com representação parlamentar para sessões de trabalho, fez uma breve resenha histórica da obra, onde sublinhou a sua importância para região, os avanços e recuos a que foi sujeita e as promessas nunca cumpridas relativas à sua concretização. O autarca deu conta aos deputados de que “a empreitada chegou a ser lançada a concurso em 2009, ao fim de 27 projetos, e poria fim a uma espera de mais de 30 anos. O lançamento da obra foi apresentado em Baião com pompa e circunstância por Paulo Campos, na altura Secretário de Estado das Obras Públicas; a empresa que ganhou o concurso chegou a procurar um local em Baião para instalar o estaleiro da obra e, mesmo assim, nada se concretizou”.

O edil baionense lembrou aos deputados que “esta obra é estruturante para toda a região, ao permitir o acesso a áreas de acolhimento empresarial e eventual instalação de novas empresas, a dinamização turística e económica, com efeitos na criação de emprego e fixação da população, para além do aumento da segurança na circulação, da diminuição dos tempos de ligação, e contribuindo para a descarbonização”.

Paulo Pereira deixou, ainda, a nota de que “a população está descrente e sente-se esquecida, com razão”.

Fernando Barbosa corroborou as palavras do autarca de Baião, lamentando o atraso inédito da obra. O presidente da Distrital do Porto do CDS-PP diz que “a ligação de Baião à Ponte da Ermida é, para o CDS Porto, a obra prioritária do Distrito do Porto em Baião”. Tenho falado e pugnado por ela em quase todas as minhas intervenções. O povo de Baião e dos concelhos vizinhos merecem, de tão causticados que estão, ver isto chegar ao fim”.

Cecília Meireles usou da palavra para demonstrar o seu apoio pessoal, e do partido que representa a Paulo Pereira, corroborando na ideia de que “não se pode falar à boca cheia de desenvolvimento do interior, ou territórios de baixa densidade, como agora se diz, quando as reivindicações da população da região são esquecidas há mais de 3 décadas”. Meireles garantiu a Paulo Pereira o seu empenho na procura de soluções junto do Governo para a resolução da problemática, apoiada pelos seus colegas de partido presentes, e anunciou que o CDS vai sugerir “à Assembleia da República que notifique a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM – TS) onde Baião se insere, para que vá ao plenário dizer de sua justiça, reforçando, naturalmente, aquilo que já todos sabem: a obra tem que ser concretizada o quanto antes”.

27 projetos e 30 anos depois, a obra continua a consumir os autarcas locais. Paulo Pereira e Garcez Trindade, presidente da Câmara de Resende, que têm sido dos autarcas mais inconformados e que têm impresso a esta luta dinâmicas mais fortes e visíveis, garantem que não vão desistir.

Entretanto, está já agendada para o próximo dia 4 de março uma visita dos deputados do PCP do Porto a Baião para tratar do mesmo assunto. O Bloco de Esquerda ainda não respondeu à solicitação. Foi igualmente solicitada uma audiência ao novo Ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

A variante em questão terá uma extensão de 13 quilómetros e custará 26 milhões de euros. Vai permitir requalificar uma parte da EN 108 e construir um troço de raiz.

 

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Domingo 11°8°CSegunda-feira 3°CTerça-feira 2°CQuarta-feira 8°CQuinta-feira 8°CSexta-feira 13°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico