• Terça-feira 26°21°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

Ação Social Destaques Educação Social

Baião em defesa dos direitos das crianças

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Baião levou a cabo, durante o mês de abril, uma Campanha de Prevenção dos Maus-Tratos na Infância.

A iniciativa arrancou no dia 1 de abril com a colocação de grandes laços azuis nos edifícios públicos, nas IPSS’S, nos Bombeiros, Escolas e outras entidades, com a colocação de cartazes e “outdoors” com mensagens referentes à temática e com a divulgação do calendário de afetos. Este calendário possuía uma mensagem para cada dia do mês de abril,  alusiva à interação de afetos entre pais e filhos.

As atividades encerraram no passado dia 31 de abril com a deslocação de técnicos da autarquia e comissários da CPCJ aos agrupamentos de escolas de Baião. Da parte da tarde o vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, José Pinho Silva, acompanhou a visita ao agrupamento de escolas de Eiriz.

O autarca baionense alertou para “a importância da prevenção dos maus tratos contra as crianças e jovens” apelando ainda a “uma maior consciencialização relativa aos direitos das crianças”.

Em todos os agrupamentos, alunos e professores, além de estarem vestidos com uma peça de roupa azul, prepararam logotipos humanos relacionados com a Campanha de prevenção dos maus-tratos na Infância, assim como se assistiu à largada de balões azuis.

Segundo a CPCJ estas iniciativas visaram despertar a consciência da população local “pela paz e contra qualquer forma de violência e/ou maus-tratos”.

 O PORQUÊ DA COR AZUL

            A cor azul foi dominante durante as várias atividades em consonância com a Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon), iniciada em 1989, na Virgínia, Estados Unidos da América, quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro para fazer com que as pessoas se questionassem.

No caso de Bonnie Finney o azul serviu como um alerta constante para a luta na proteção das crianças contra os maus tratos, já que a mesma tinha visto os seus dois netos sofrerem do mesmo mal – daí a cor azul, resultante dos corpos batidos e com nódoas negras.

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Terça-feira 26°21°CQuarta-feira 33°21°CQuinta-feira 35°23°CSexta-feira 35°20°CSábado 30°16°CDomingo 28°16°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico