• Domingo 10°8°C
  • (+351) 255 540 500

  • pt Português
  • Google Tradutor
    Tradutor

Destaques Economia

Produtores baionenses venderam 12 toneladas de fumeiro em 3 dias

O fim de semana foi de chuva, mas nem assim as pessoas quiseram perder um dos maiores certames gastronómicos realizados no distrito do Porto e da região do Tâmega e Sousa. A 13ª edição da Feira do Fumeiro, do Cozido à Portuguesa e dos Vinhos de Baião foi um sucesso.

Uma enchente de visitantes, que proporcionou três dias de promoção económica e do nome de Baião pela positiva: a Feira do Fumeiro, do Cozido à Portuguesa e dos Vinhos de Baião voltou a atrair milhares de visitantes ao concelho e a assumir-se como uma verdadeira mostra do melhor que o concelho produz.

Cerca de 10 mil pessoas passaram pela Feira do Tijelinho em 3 dias e conseguiu-se “atingir e ultrapassar a bonita marca das 12 toneladas de fumeiro vendido”. José Lima, vereador dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião, chamou, no final do evento, todos os produtores ao palco para “brindar ao sucesso da iniciativa” e “agradecer o empenho e o profissionalismo que todos colocam neste e noutros certames organizados pela autarquia”. José Lima lembrou, ainda, a importância destes eventos gastronómicos para “a dinamização económica do concelho, para a criação de riqueza e de oportunidades de futuro para os cidadãos baionenses”.

Já na abertura do evento o presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, tinha lembrado a importância dos eventos gastronómicos para a comercialização dos produtos locais. “Acolhermos neste espaço visitantes ou clientes, é termos a oportunidade única de receber pessoas que estão a vir ao território pela primeira vez e que, ao serem bem servidas voltam, depois, durante o ano para adquirir os nossos produtos, para conhecer as nossas paisagens ou o nosso património”, afiançou. “A certeza de que conseguimos, mais uma vez, corresponder às elevadas expectativas dos nossos visitantes é um grande motivo de orgulho”, realça Paulo Pereira.

Estima-se que tenham sido vendidas 4000 refeições, número que, eventualmente, será maior se considerarmos as refeições servidas nos restaurantes existentes na vila de Baião, e freguesias limítrofes, que no sábado, mas principalmente no domingo, registaram um grande afluxo de clientes.

Mas nem só de refeições viveu a feira. Além das mais de 12 toneladas de fumeiro vendido o saldo foi, também, muito positivo no setor do vinho, muito apreciado pelos turistas, com milhares de litros vendidos, como também a broa de milho, os doces, os licores, as compotas ou os queijos.

A par com a dinâmica do evento também a animação foi uma constante graças à presença de grupos de música tradicional portuguesa, tocadores de concertinas e de cantares ao desafio, ranchos folclóricos, grupos de bombos e bandas musicais. Destacou-se, no sábado à noite, o espetáculo de João Seabra e Miguel 7 Estacas, dois dos melhores humoristas nacionais, que durante mais de uma hora e meia levaram o público a rir à gargalhada.

Durante todo o certame a tenda da Feira recebeu vários grupos e excursões vindos de várias partes do país, assim como confrarias, associações, vários órgãos de comunicação social que fizeram questão de realizar programas em direto a partir da tenda, e personalidades de relevo regional e nacional. É de destacar a presença, no domingo, do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, que visitou, um a um, todos os produtores da feira e teve oportunidade, no final, de saborear os produtos baionenses. A satisfação de todos era visível. A organização do certame e a qualidade dos produtos expostos foram dos itens mais elogiados.

Em paralelo teve lugar, no mesmo local, mais uma edição da Feira “Stock Off”, com a presença de diversas empresas baionenses. Paulo Portela, presidente da Associação Empresarial de Baião mostrou-se muito satisfeito com a forma como correu o evento, salientando “que este foi o ano em que mais empresas participaram” e que nem o mau tempo que se fez sentir “estragou as perspetivas e previsões de quem participou”. Esta iniciativa foi organizada pela Associação Empresarial de Baião e conta com o apoio da Câmara Municipal de Baião.

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Domingo 10°8°CSegunda-feira 3°CTerça-feira 2°CQuarta-feira 8°CQuinta-feira 8°CSexta-feira 13°C

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal

255 540 500

Praça Heróis do Ultramar 4640-158 Campelo - Baião

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

 

Auditório Municipal

255 542 918

Seg. a Sex. :  09h às 13h - 14h às 17h

 

Posto de Turismo

255 540 562

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h Sáb e Dom. : 10h às 13h

 

Museu Municipal

255 540 550

Seg. a Sex. : 09h às 13h - 14h às 17h

Ver todos

[wpc-weather id=”69316″/]

FARMÁCIAS EM BAIÃO

Farmácia Queirós Cunha | Campelo

Morada
Rua de Camões, 172
Campelo

Telefone
255 542 340

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Barbosa | Campelo

Morada
Rua de Camões, 360
Campelo

Telefone
255 541 113

Horário
Todos os dias > 08h30 às 22h00
Serviço noturno alternado

Farmácia Rocha Barros | Ancede

Morada
Rua da Capelinha, 71 e 75
Ancede

Telefone
255 551 425

Horário
Segunda a Sexta > 08h30 às 20h00
Sábado> 09h00 às 13h00 e 14h00 às 20h00
Domingo e Feriados > 09h30 às 13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia de Gestaçô | Gestaçô

Morada
Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 30
Gestaçô

Telefone
254 888 006

Horário
Segunda a Sexta > 09h00 às 20h30
Sábado > 09h às 13h00 e 14h30 às 20h30
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico

Farmácia Santa Marinha | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 20 de Junho – Edifício Central Zezerense, LJ H
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 888 193

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/20h30
Sábado> 09h00-13h00 e 14h30-20h30
Domingo e Feriados > 09h00-13h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contactos telefónico

Farmácia Cardoso Cruz | Sta. Marinha do Zêzere

Morada
Rua 1º de Maio, nº 161
Santa Marinha do Zêzere

Telefone
254 881 900

Horário
Segunda a Sexta > 09h00/19h00
Restantes horas, disponibilidade permanente mediante contacto telefónico