Hora local: 02:03
logotipo
Você está aqui: Página inicial

BANDAS DE ANCEDE E DE SANTA MARINHA DO ZÊZERE ESTIVERAM LADO A LADO NO DIA DO MUNICÍPIO

2017/03/29

Simbolismo, mestria e também orgulho. São três palavras fortes, mas que servem para caracterizar o sentimento que todos os presentes terão sentido, na tarde de 25 de março, no "Dia do Município", quando tiveram lugar as atuações conjuntas da Banda Marcial de Ancede e da Banda Musical da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

O convite partiu da Câmara Municipal de Baião, que entendeu que uma atuação daquelas duas importantes bandas assinalaria, a letras de ouro, uma data importante para o nosso município. Com o atrativo adicional das duas formações atuarem juntas e sob a orientação de um mesmo maestro. Na verdade, as duas formações foram conduzidas, no Auditório da Escola Secundária de Baião, primeiro pelo maestro Nuno Osório (Banda de Ancede) e, num segundo momento, pelo maestro Hermínio Fonseca (Banda de Santa Marinha do Zêzere).

Sob a orientação de Nuno Osório foram interpretadas a Marcha Desfile "Município de Baião" e o tema "Ciclos e Mitos - Fantasia", ambas da sua autoria.

Sob a direção de Hermínio Fonseca foi interpretado pela primeira vez, conjuntamente pelas duas bandas, o tema "Bayan", que tem como compositor o músico baionense Vasco Monterroso, que se inspirou numa recolha de temas tradicionais de Baião, nomeadamente chulas. A orquestração coube a Jorge Campos. Hermínio Fonseca dirigiu ainda no encerramento do espetáculo a mesma marcha "Município de Baião", com que o evento tinha iniciado.

As atuações foram coroadas com os aplausos do público e muitos presentes referiram que gostariam de voltar a ver uma atuação conjunta das duas bandas.

A vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, Ivone Abreu, a quem coube a coordenação do evento, agradeceu profundamente o envolvimento e a boa vontade manifestadas por todos os responsáveis e integrantes das bandas. "É uma grande alegria poder assistir a este momento", observou.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Pereira saudou a disponibilidade para a atuação conjunta, referindo que, com aquela formação, as bandas proporcionaram um concerto digno de uma Orquestra Sinfónica.

Outras notícias